Início Comunicação Social “Hic est Domus mea” é o novo lançamento musical do P. Osmar...

“Hic est Domus mea” é o novo lançamento musical do P. Osmar Bezutte

834
0
Cúpula da Basílica de Nossa Senhora Auxiliadora, em Turim, onde está escrita a frase "Hic Domus Mea Inde Gloria Mea". Foto: Reprodução Internet

O título da canção é uma referência direta à frase dita por Nossa Senhora a Dom Bosco, em sonho, no ano de 1845. A composição original é do maestro Maurizio Palazzo, regente da Basílica de Nossa Senhora Auxiliadora, em Turim (ITA).

Trabalho musical

Padre Osmar fez a versão para o português, mantendo o refrão em latim, para preservar o tom solene da obra. “O P. Gildasio Mendes – Conselheiro geral para as Comunicações – mandou-me a música no ano passado com partitura completa para vozes, orquestra e gravação em italiano. Ele me pediu para fazer uma versão em português”, revela P. Osmar.

Para manter a originalidade da letra, de riquíssimo valor histórico e poético, P. Osmar adotou uma tradução bem próxima da poesia em italiano, acertando a métrica e rima para a melodia. Em seguida veio o trabalho de gravação. “A gravação original está mais rica com instrumentos de orquestra e órgão. A nossa gravação está mais simples, dentro das possibilidades do técnico do estúdio, que fez o trabalho gratuitamente para nós, a quem agradecemos a paciência de várias horas conosco na gravação”, descreve o músico salesiano.

A gravação aconteceu no final do ano passado no Estúdio Cigerza @cigerza_producao. As vozes foram colocadas pela cantora Aline Terra Biazon Jardim, da Paróquia São Francisco, pelo próprio P. Osmar e pelos então salesianos pós-noviços Matheus Oliveira, Gabriel Coelho e Wesley Ernani.

Produção do vídeo

O vídeo teve a produção baseada na história da frase título, trazendo imagens da Basílica de Nossa Senhora Auxiliadora, em Turim e uma adaptação para o contexto histórico da Missão Salesiana de Mato Grosso. No sonho, a Mãe de Jesus mostra o lugar onde os mártires derramaram seu sangue em defesa da fé, na Itália. Na adaptação, o vídeo mostra o sucessor de Dom Bosco, Dom Ángel Fernández Artime no lugar do martírio do salesiano P. Rodolfo Lunkenbein e Simão Bororo, na presença missionária de Meruri. A referência afirma a glória de Deus no Santuário de Turim semelhante àquela existente na Igreja do Sagrado Coração de Jesus, em Meruri, junto aos povos originários Boe-Bororo. O vídeo traz ainda imagens de outros dois Santuários Marianos na Inspetoria Salesiana de Campo Grande, um em Corumbá (MS) e outro em Cuiabá (MT).

O Sonho de Dom Bosco

No sonho, a Mãe de Deus mostrou a São João Bosco uma reunião de crianças, um campo e três igrejas em Valdocco. Na terceira igreja, disse a Dom Bosco: “neste lugar onde os gloriosos mártires de Turim, Aventor, Solutor e Otávio sofreram seu martírio, quero que Deus seja honrado de modo muito especial”. E colocou o pé até descansá-lo no ponto exato onde os mártires haviam caído.

Anos depois, em 1863, Dom Bosco começou a trabalhar no local onde os três santos foram martirizados pelos soldados romanos durante o domínio de Maximiano, no início do século IV. Hoje a igreja abriga as relíquias desses santos.

O Príncipe Amedeo di Savoia estava presente quando a primeira pedra foi colocada e, no dia 9 de junho de 1868, a igreja foi consagrada à Maria Auxiliadora com a primeira missa. Toda a obra foi realizada com doações dos fiéis em agradecimento a bênçãos especiais de Deus mediante a intercessão de Maria Auxiliadora.

Confira a música no link abaixo: