Início Ação Social Colaboradores das Obras Sociais Salesianas priorizam Saúde Mental em dia de formação

Colaboradores das Obras Sociais Salesianas priorizam Saúde Mental em dia de formação

577
0
Colaboradores que participaram da formação. Fonte: Salesianos Ampare

No último dia 22 de março, muita reflexão e aprendizado preencheram o auditório da Obra Social Salesianos Ampare, em Campo Grande (MS), quando seus colaboradores, bem como os da Obra Social Casa Dom Bosco se reuniram para um dia inteiro dedicado à formação humana. Sob a orientação do  professor e psicólogo Wercy Rodrigues Costa Júnior, o encontro teve como foco principal a saúde mental e sua interseção com os aspectos fundamentais da vida humana.

Pela manhã, os participantes mergulharam em uma reflexão profunda sobre o autocuidado, na orientação do tema “Um Tempo para o Cuidado de Si“. O professor Wercy Rodrigues destacou que saúde não se limita à ausência de doença, mas sim à capacidade do indivíduo de se adaptar ao mundo em constante mudança, evitando rigidez em seu modo de vida. Ele ressaltou que estados de saúde estão intrinsecamente ligados à ideia de movimento e criação, escapando assim de classificações rígidas.

Nesse contexto, o cuidado foi abordado como uma prática de se ocupar consigo mesmo, de fazer escolhas que promovam o próprio bem-estar, e de se realizar nas relações humanas, entre si e o próximo, com a natureza, com o mundo e com o transcendente. Após a reflexão, os colaboradores tiveram um tempo para introspecção, guiados por questões que os incentivaram a refletir sobre suas próprias vidas e os cuidados necessários.

No período vespertino, a discussão se voltou para a depressão, uma doença psiquiátrica crônica considerada uma das manifestações mais significativas do adoecimento na sociedade contemporânea. Foi enfatizado que o sentimento de tristeza não é necessariamente depressão, mas pode ser uma reação normal a desafios da vida. A importância de reconhecer os sinais e sintomas da depressão, muitas vezes sutis, foi ressaltada, assim como a necessidade de buscar ajuda profissional quando necessário.

Ao ampliar a compreensão sobre a sintomatologia da depressão, os participantes foram incentivados a olhar para si mesmos e identificar possíveis sinais da doença. Por fim, destacou-se que esse momento de formação não apenas promoveu o autoconhecimento e o autocuidado, mas também proporcionou um ambiente propício para a convivência e a troca de experiências entre os colaboradores das Obras Sociais Salesianas, o que por si só contribui para a promoção da saúde mental.

Este dia de formação representou um passo significativo na conscientização e no cuidado com a saúde mental dos colaboradores, reforçando o compromisso das Obras Sociais Salesianas com o bem-estar integral daqueles que delas fazem parte.