Início Ação Social Salesiano apresenta Projeto AMA em encontro diocesano de Pastorais Sociais

Salesiano apresenta Projeto AMA em encontro diocesano de Pastorais Sociais

276
0
Representantes das Pastorais Sociais da Diocese de Primavera do Leste - Paranatinga fazem encontro de formação e espiritualidade. Foto: Divulgação

A Cúria Diocesana de Primavera do Leste – Paranatinga promoveu no último final de semana (24 e 25/02) um encontro formativo e de espiritualidade para os integrantes das Pastorais Sociais na diocese. O evento aconteceu em Primavera do Leste e foi o primeiro encontro de Dom João Aparecido Bergamasco com as pastorais sociais, desde que tomou posse em 3 de dezembro do ano passado.

A motivação do encontro foi a atenção dada a dois documentos eclesiais, citados na convocação. O primeiro é a carta Encíclica “Deus Caritas Est”, n° 25, que aponta:

A natureza íntima da Igreja exprime-se num tríplice dever: anúncio da Palavra de Deus (kerygma-martyria), celebração dos Sacramentos (leiturgia), serviço da caridade (diakonia). São deveres que se reclamam mutuamente, não podendo um ser separado dos outros. Para a Igreja, a caridade não é uma espécie de actividade de assistência social que se poderia mesmo deixar a outros, mas pertence à sua natureza, é expressão irrenunciável da sua própria essência”.

Deus Caritas Est”, n° 25

A segunda fonte inspiradora para o encontro é a Constituição Pastoral “Gaudium et Spes” que, no seu proêmio, destaca:

“As alegrias e as esperanças, as tristezas e as angústias dos homens de hoje, sobretudo dos pobres e de todos aqueles que sofrem, são também as alegrias e as esperanças, as tristezas e as angústias dos discípulos de Cristo; e não há realidade alguma verdadeiramente humana que não encontre eco no seu coração”.

(Gaudium Et Spes, no 1)

O diácono Salesiano José Alves de Oliveira apresentou as atividades que a Missão Salesiana realiza na diocese por meio do Projeto AMA (Assistência Missionária Ambulante). “Nós realizamos, por meio do projeto AMA, perfuração de poços e manutenção desses poços. E como fazemos trabalho na região de Campinápolis, terra indígena Parabuburi,  em Sangradouro e também Jarudore, junto aos Bororo, a gente fez questão de participar. E trazer um pouco. Do nosso trabalho, como projeto AMA, missão salesiana, junta essa diocese servindo a comunidade indígena nessa questão da água. É bom que o senhor bispo já vai conhecendo um pouco desse nosso trabalho como comunidade salesiana em prol da população indígena, dentro da diocese de Primavera do Leste Paranatinga” afirmou o salesiano.