Início Reitor Mor “Os jovens de hoje, o grande desafio educativo” -Cardeal Fernández Artime em...

“Os jovens de hoje, o grande desafio educativo” -Cardeal Fernández Artime em comparação com os cidadãos de Turim

13
0
Reitor-Mor dos Salesianos de Dom Bosco. Fonte: ANS

No belo cenário do Santuário da Consolata de Turim, o santuário mais importante da cidade e da Arquidiocese, aconteceu na noite de segunda-feira, 4, o tão esperado encontro de cidadãos com o Cardeal Ángel Fernández Artime. Dezembro, Reitor-Mor dos Salesianos de Dom Bosco. O evento serviu para refletir conjuntamente sobre o tema “Os jovens de hoje, o grande desafio educativo” e representou a conclusão do ciclo de encontros públicos organizados na Consolata pelo semanário diocesano “La Voce e Il Tempo”.

Depois dos encontros com o Cardeal Giorgio Marengo, Prefeito Apostólico de Ulaanbaatar, Mongólia, sobre “A viagem profética do Papa à Mongólia”, no passado dia 25 de setembro; e com Sergio Durando, responsável pela Pastoral dos Migrantes da diocese, sobre o tema “Migrantes, o que devemos fazer?”, na noite de 6 de novembro; na primeira segunda-feira de dezembro foi a vez do Reitor-Mor estabelecer um diálogo ativo e fecundo com a Igreja e a cidade de Turim, abordando neste caso, como já foi mencionado, o tema da educação.

O Reitor-Mor falou diante de um grande público de interessados: um grande grupo de Salesianos, uma dezena de sacerdotes do clero diocesano de Turim, acompanhados pelo Bispo Auxiliar de Turim, Dom Alessandro Giraudo, e pelo Reitor da Basílica, Mons. Giacomo Maria Martinacci; e sobretudo muitos leigos e leigas envolvidos com os jovens no serviço educativo.

O ponto de partida da noite foram algumas delicadas situações educativas que o Reitor-Mor ilustrou com referência à realidade da juventude italiana. O Cardeal enumerou estatísticas e relatórios oficiais que mostram uma inegável emergência educativa, que vai desde o uso desacompanhado de ferramentas digitais por menores desde tenra idade, até à constatação da incapacidade da escola e do sistema educativo em geral para cumprir o seu papel. como um “elevador social”.

Precisamente a partir destes desafios e problemas, o X Sucessor de Dom Bosco indicou seis linhas de trabalho para o futuro, desenvolvidas em diálogo com o prof. Pe. Michal Vojtáš, Vice-Reitor da Universidade Pontifícia Salesiana (UPS), que abordam os principais desafios educativos atuais:

– a educação dos jovens na relação entre o digital e a realidade;

– o compromisso de colmatar o fosso geracional entre jovens e adultos;

– pensamento crítico e capacidade de formular pensamentos coerentes de forma independente, recorrendo ao uso fundamentado e pessoal das palavras;

– educação afetiva e sexual, diante da liquidez de papéis e modelos;

– a solidão que marca muitos jovens, criados em famílias numericamente pequenas e por vezes com apenas uma ou nenhuma figura adulta de referência;

– por fim, face a este conjunto de desafios, a formação fundamental dos educadores.

Este rico momento formativo, no entanto, foi apenas o prólogo da fase subsequente e central da noite, que se desenvolveu inteiramente na forma de um diálogo franco e aberto entre a grande assembleia que lotou a Basílica della Consolata para a ocasião e o ilustre convidado .

Assim, durante cerca de uma hora e um quarto, o Cardeal Fernández Artime respondeu com sinceridade e franqueza a uma dezena de perguntas inerentes às peculiaridades da educação de hoje, oferecendo respostas que são fruto da sua experiência salesiana pessoal, da sua visão global adquirida através de cerca de 10 anos de Reitoria, bem como a riqueza perene de sabedoria educativa contida no Sistema Preventivo de Dom Bosco.

Em última análise, nas palavras do próprio Reitor-Mor, foi verdadeiramente um momento fecundo e produtivo de discussão entre pessoas interessadas em agir pelo bem dos jovens através do serviço educativo.