Início Pastoral Juvenil Vocacional Jovens salesianos são instituídos no ministério de acólito na festa dos 207...

Jovens salesianos são instituídos no ministério de acólito na festa dos 207 anos do nascimento de São João Bosco

84
0

Os estudantes salesianos que cursam teologia no Instituto Pio XI, em São Paulo, pertencentes as seis inspetorias do Brasil e um da Inspetoria de Moçambique, residentes em São Paulo, deram mais um passo rumo ao presbitério da Igreja, na terça-feira (16/08), por ocasião dos 207 anos do nascimento de São João Bosco. Eles receberam os ministérios de leitorado e acolitato pelas mãos do Bispo Auxiliar e Vigário Episcopal da região Lapa, Dom José Benedito Cardoso.

A instituição dos ministérios aconteceu na Paróquia São João Bosco, durante a missa das 19h30, normalmente atendida pelos salesianos da comunidade Santo Tomás de Aquino. Durante a celebração, também foram elevadas honras a São João Bosco, fundador da Pia Sociedade de São Francisco de Sales, por ocasião da festa de seu nascimento, com bênção especial da relíquia.

Os clérigos salesianos João Marcos Molina e Moacyr Junior, jovens formandos pertencentes a Missão Salesiana de Mato Grosso, receberam o Ministério do Acolitato, último ministério antes das ordenações diaconal e presbiteral.

Instituição de Acólitos

De acordo com o Cerimonial dos Bispos, o acólito é instituído para cuidar do altar e auxiliar o diácono e o sacerdote nas ações litúrgicas, sobretudo na celebração da Missa. Pertence-lhe ainda, como ministro extraordinário, distribuir a Sagrada Comunhão. Além disso, em circunstâncias extraordinárias, pode ser encarregado de expor e repor a Sagrada Eucaristia para adoração pública dos fiéis, mas não de dar a bênção com o Santíssimo Sacramento.  Este ministério também é confiado aos leigos.

Estas são etapas importantes na formação dos candidatos ao sacerdócio, passos significativos e aprofundados no compromisso com a grandeza da vocação à qual fomos chamados, “ser sinais e portadores do amor de Deus aos jovens”. Rezemos para que o Senhor da messe envie mais operários para a sua messe, pois “a messe é grande, mas pouco são os operários”.

“Agradecemos as orações e amizades que, até aqui tivemos nos ajudando nesta caminhada, rogamos a todos as graças de Deus, e pedimos, continuem em oração por nós e nos presenteando com a singela amizade que nos fortalece para uma vivência profunda destes ministérios a serviço da Igreja e de todo povo de Deus”, afirmou o clérigo João Marcos Molina.

S. João Marcos Molina, SDB – 4° ano de Teologia