Início CG 29 Inspetoria Salesiana de Campo Grande conclui trabalhos do Capítulo Inspetorial

Inspetoria Salesiana de Campo Grande conclui trabalhos do Capítulo Inspetorial

506
0
Salesianos e leigos que participaram do Capítulo Inspetorial 29 da MSMT. Foto: MSMT

Terminaram na tarde desta quinta-feira (18/04) as discussões, análises e votações dos temas abordados durante o 29° Capítulo Inspetorial da Missão Salesiana de Mato Grosso.

3 dias intensos

O evento começou na terça-feira, com os exercícios espirituais dirigidos pelo P. Assis Moser, SDB, da Inspetoria Salesiana de Porto Alegre. Naquele dia, ele também presidiu a Santa Missa para os 37 capitulares salesianos e mais 7 leigos convidados. Os trabalhos foram realizados em quatro equipes temáticas, que analisaram os textos enviados de Roma para todas as presenças salesianas e que tiveram uma análise prévia na comissão pré-capitular, a partir das contribuições que os irmãos enviaram.

O Capítulo Inspetorial é um evento de suma importância para a Congregação Salesiana e ocorre a cada três anos. A reunião configura-se como um momento de encontro e deliberação para os salesianos de todas as comunidades da Inspetoria.

Apaixonados por Jesus Cristo

O objetivo principal do Capítulo Inspetorial é a preparação para o Capítulo Geral, uma reunião global que delineia as diretrizes e orientações para toda a Congregação Salesiana ao redor do mundo. Com o tema “Apaixonados por Jesus Cristo consagrados aos jovens”, o atual Capítulo Inspetorial busca refletir sobre a centralidade de Jesus Cristo na missão salesiana, especialmente no que diz respeito ao serviço aos jovens.

O inspetor da Missão Salesiana de Mato Grosso, P. Ricardo Carlos, explica que a definição do tema do Capítulo Geral e, por consequência, do Capítulo Inspetorial, é um processo conduzido pelo Reitor Mor e seu Conselho Geral. “Essa escolha é embasada na visão global da Congregação Salesiana e nas necessidades emergentes em suas diversas inspetorias ao redor do mundo. A participação ativa das inspetorias é fundamental nesse processo, uma vez que elas representam os pilares da Congregação”, afirmou.

Um ano antes

Uma particularidade do atual Capítulo Inspetorial é sua antecipação, motivada pela nomeação do Reitor Mor , Dom Ángel Artime, como cardeal. Previsto para ocorrer em 2026, o Capitulo Geral foi adiantado em um ano, com a sua realização marcada para o próximo ano, em Turim, Itália.

Padre Ricardo lembra que as conclusões e documentos gerados durante o Capítulo Inspetorial têm um destino claro: serão encaminhados ao Conselho Geral por meio do Regulador Geral, atualmente o padre Alphonse Owoudou, conselheiro regional para a África-Madagascar. “Após receber as contribuições de todas as inspetorias, o Conselho Geral elaborará um texto final, conhecido como “texto mártir”, que servirá de base para a Assembleia Capitular, responsável por deliberar sobre as diretrizes futuras da Congregação”.

O último Capítulo Geral anterior (CG-28) não terminou como deveria. Os trabalhos precisaram ser interrompidos por causa da pandemia da Covid 19.  Padre Ricardo Carlos esclarece que aquele  evento chegou à metade de seus trabalhos, com foco na reflexão sobre os jovens. No entanto, devido à limitações de tempo, parte das deliberações não pôde ser concluída. “Dessa forma, a temática dos jovens e dos leigos será retomada e aprofundada no próximo Capítulo Geral (CG-29), refletindo o compromisso contínuo da Congregação Salesiana com suas missões e desafios”, concluiu.

Escolha dos delegados

Outro momento importante para a conclusão do Capítulo Inspetorial na Missão Salesiana de Mato Grosso foi a eleição do delegado que, ao lado do inspetor, P. Ricardo Carlos, participará dos trabalhos do Capítulo Geral. Na tarde desta quinta-feira, o P. Adalberto Alves de Jesus, atual diretor da presença salesiana de Indápolis, foi eleito para ser o delegado capitular. Para ser o seu suplente, foi escolhido o P. João dos Santos Barbosa Neto, atual reitor do Santuário de Nossa Senhora Auxiliadora, em Corumbá.