Início Comunicação Social Descoberto Retrato Colorido Raro de Dom Bosco em Santuário Criativo de Artista...

Descoberto Retrato Colorido Raro de Dom Bosco em Santuário Criativo de Artista Salesiano

74
0
Retrato de Dom Bosco, pintado pelo P. Jorge Mauchi. Foto: ANS

Um notável achado recente veio à tona na Casa Inspetorial de Breña, em Lima (Peru), onde o saudoso P. Jorge Mauchi SDB (11 de janeiro de 1925 – 23 de agosto de 2018) mantinha um espaço repleto de criatividade. O escritório do padre era uma verdadeira fonte de inspiração, onde pinceladas ganhavam vida e as notas do piano se transformavam em suaves melodias celestiais. O esconderijo secreto revelou um tesouro artístico inesperado: um quadro do venerado São João Bosco.

O P. Mauchi, conhecido por suas icônicas criações, especialmente suas representações de Dom Bosco, tinha uma habilidade impressionante com a técnica do desenho a carvão em preto e branco. No entanto, a grande surpresa foi a descoberta de um retrato de Dom Bosco em cores, até então desconhecido e escondido nas sombras.

A obra exala serenidade e encanto, transmitindo uma visão otimista do futuro. Ao contrário de retratos anteriores onde Dom Bosco parece encarar o espectador, neste retrato seu olhar sugere um caminho para a felicidade, indicando uma jornada a seguir.

Essa descoberta confirma a habilidade do P. Mauchi em capturar a essência do tema e transmitir emoções através de suas habilidosas pinceladas. Suas obras vão além das palavras, revelando uma profunda compreensão da natureza humana e espiritual. O legado artístico desse talentoso religioso continuará vivo, cumprindo sua missão de inspirar e elevar através da arte.

Nascido em uma família com raízes cristãs sólidas, P. Mauchi foi batizado na histórica Paróquia de Santa Ana em Barrios Altos. Sua jornada o levou à Basílica de Maria Auxiliadora, onde recebeu o crisma do Servo de Deus Dom Octavio Ortíz Arrieta SDB. Ele deu seus primeiros passos acadêmicos no Colégio Salesiano ‘São Francisco de Sales’ e posteriormente no Aspirantado Salesiano em Magdalena del Mar, onde também realizou o Noviciado.

Para enriquecer sua formação, ele se formou em Literatura e Artes Plásticas na Pontifícia Universidade Católica do Peru. Sua versatilidade o levou a se tornar Diretor do Boletim Salesiano no Peru (1962-1986). Entre suas várias criações artísticas, destaca-se o retrato de Dom Bosco, que se tornou um ícone universal.

O retrato em preto e branco de Dom Bosco, com seus traços distintos e sutis, percorreu o mundo e é uma das obras mais reconhecíveis do P. Mauchi. Sua habilidade em capturar a serenidade e a bondade do Santo Padroeiro da Juventude é notável.

O legado de P. Mauchi vai além de seu trabalho artístico. Ele também foi um professor no Colégio Salesiano de Breña, educando várias gerações de jovens. Além de sua paixão pela pintura, escultura, música e literatura, ele também se dedicava a essas artes durante seu tempo livre.

O P. Jorge Mauchi, artista e educador exemplar, deixa para trás um legado que permanecerá, principalmente na vida de seus alunos, lembrando a todos nós da beleza e do impacto duradouro da arte em nossas vidas e comunidades.

Com informações: ANS