Início Pastoral Juvenil Vocacional Delegado Inspetorial para Pastoral Juvenil Vocacional encontra-se com alunos do Colégio São...

Delegado Inspetorial para Pastoral Juvenil Vocacional encontra-se com alunos do Colégio São Gonçalo em Cuiabá

156
0
P. Aldir conversa com alunos do Colégio Salesiano São Gonçalo. Foto: Divulgação Assessoria

Padre Aldir da Silva, Delegado Inspetorial para Pastoral Juvenil Vocacional da Missão Salesiana de Mato Grosso, está no Colégio São Gonçalo nesta semana para conversar com os alunos e a equipe de Pastoral Juvenil. Nesses encontros, P. Aldir tem destacado a importância de valorizar a vida e ressaltado o papel dos jovens no ministério da AJS (Articulação da Juventude Salesiana) para celebrar os 25 anos da organização.

No primeiro encontro, na segunda-feira (19/06), P. Aldir se reuniu com os jovens dos grupos São Tarcísio e Santa Catarina, formados por leitoras e acólitos. Com esses jovens, ele enfatizou a relevância de valorizar o ministério que cada um possui e a necessidade de iluminar outros jovens para participarem da missão da AJS. “Nós tratamos sobre a importância de se valorizar a vida e de que eles pudessem valorizar o ministério que eles têm e, a partir deles, iluminar os outros jovens para vir com a gente nessa grande missão da AJS de celebrar os 25 anos”, ressaltou o salesiano.

Já na manhã desta terça-feira (20/06), P. Aldir trabalhou com os alunos do 9º ano do Ensino Fundamental e do primeiro ano do Ensino Médio, abordando o valor e o sentido da vida. Ele enfatizou o Sistema Preventivo e o chamado de Dom Bosco para serem sinais e portadores do amor de Deus, destacando que o propósito de vida de cada um deve ser “ir ao encontro da outra pessoa”. O delegado também compartilhou sua visão sobre a felicidade, afirmando: “Nesse sair em missão, a gente consegue abrir o leque de possibilidades e ver que nós somos felizes porque ajudamos as pessoas a ser felizes“.

P. Aldir expressou sua gratidão pela recepção calorosa dos alunos durante a visita matinal. Ele ressaltou que os acólitos e leitoras já possuem uma caminhada mais próxima da Igreja, mas ficou surpreso com a receptividade dos estudantes da manhã. “Eu abri para perguntas. Fizeram várias perguntas sobre a minha caminhada vocacional. Tudo bem livre né? E bem acolhedor. Depois quando acabou, vieram todos tomar benção, a coisa mais linda!”, disse o sacerdote.

Ao ser questionado sobre o convite direto e objetivo para a participação no EIVOC (Encontro Inspetorial de Vocacionados), P. Aldir mencionou que focou mais na apresentação da cultura vocacional durante sua conversa com o PPA (Pastoral Pedagógico e Administrativo) e aqueles que lideram a pastoral no colégio. No entanto, ele afirmou que considerará fazer uma proposta vocacional aos alunos dos segundo e terceiro anos do Ensino Médio. “Acho que eu só falei do EIVOC, mas não foi um convite direto e objetivo. Acho que você me alerta pra amanhã que eu vou falar com o segundo se terceiros anos, já fazer”, concluiu.