Início Instituição de Ensino Superior Capela do Santíssimo é inaugurada junto aos colaboradores do UniSALESIANO Araçatuba

Capela do Santíssimo é inaugurada junto aos colaboradores do UniSALESIANO Araçatuba

61
0

De forma intimista e esperançosa, o UniSALESIANO realizou a celebração em honra ao nascimento de Dom Bosco, fundador dos salesianos, cuja data é comemorada em 16 de agosto.

O evento, promovido na Capela do Centro de Convivência, na tarde do dia 19 de agosto, se estendeu ao prédio principal da Instituição, com a inauguração da Capela do Santíssimo.

Na celebração, o Diretor-Geral do UniSALESIANO, Pe. Erondi Tamandaré, SDB, destacou que todos são intercessores, nessa vida, porque são chamados para a grandeza da santidade, a grandeza de estar sempre vinculados aos irmãos. “Ser cristão significa ser responsável conosco e com os outros. E Dom Bosco foi justamente isso, responsável pela sua própria vida junto de Deus e também por aqueles que passaram pelo seu caminho”, contou.

Ser responsável, segundo Pe. Erondi, é cobrar, cuidar, afagar, exigir, corrigir, sempre em uma direção: o bem da pessoa, de sua alma, seu espírito, o bem integral do ser humano. “São João Bosco foi um bom cristão, pois ofereceu aos seus o pão, o trabalho e o paraíso. O paraíso é Jesus, o único caminho, a verdade e a vida. Jesus é a manifestação do Pai entre nós”, completou.

Após a celebração, em procissão com os fiéis, Pe. Erondi transladou o santíssimo até o sacrário da nova Capela, acompanhado do Pró-Reitor de Pastoral, Pe. Paulo Eduardo Jácomo, SDB, e de aproximadamente 70 pessoas. “Trata-se de um lugar de refúgio para cada um de nós, para pedir a benção na hora que chega, na hora que sai, quando precisar. Dom Bosco sempre dizia, quem quer graça, procura a Deus” disse.

ARTE

A nova capela do UniSALESIANO, instalada na entrada principal do prédio, conta com pinturas de Jesus Cristo, Maria e José.

De acordo com o Pró-Reitor de Pastoral, um espaço dedicado à oração, trabalhado com arte, eleva o espírito de quem reza. A arte litúrgica facilita a abertura da pessoa orante ao Transcendente para além do espaço e do tempo.

Disse, ainda, que: “Deus é a Beleza. Considerar a arte na liturgia é contemplar Aquele que é a fonte da nossa vida. Não podemos nos esquecer que o UniSALESIANO, esta Instituição que educa e prepara para a vida, é também uma casa que evangeliza”, concluiu.

Monique Bueno
Analista de Comunicação