Você está em:    Home      Notícias      Animação Missionária      Pastoral Vocacional: libertar os sonhos que Deus colocou no coração dos Jovens

Pastoral Vocacional: libertar os sonhos que Deus colocou no coração dos Jovens

23 de abril de 2021

(ANS – Roma) – No próximo domingo, 25 de abril, será celebrado Dia Mundial de Oração pelas Vocações. Através do Setor da Pastoral Juvenil (PJ), os Salesianos de Dom Bosco aderem a esse dia. Na ação pastoral da Igreja existem duas formas de tratar o tema da PJ e da Pastoral Vocacional (PV): uma delas separa nominalmente a “PJ” da “PV”; a outra as integra na mesma expressão “Pastoral Juvenil-Vocacional”. A primeira modalidade garante um conteúdo diferenciado para a PV, mas corre-se o risco de não a ver suficientemente coordenada com a PJ. A segunda modalidade, vice-versa, pareceria garantir uma integração entre as duas, mas seu risco poderia ser a dissolução prática dos conteúdos especificamente vocacionais.

A cultura vocacional que nós, salesianos, propomos deverá superar um risco duplo: o de ser tão seletiva a ponto de buscar apenas vocações de consagração especial, esquecendo as outras formas de vida cristã; ou, por outro lado, ser tão geral que, na prática, não traria nada de novo ao que já se faz no contexto de uma pastoral de iniciação cristã de base, e que, portanto, não atuaria na indispensável tarefa de despertar as diferentes formas da vida cristã e, entre elas, as necessárias vocações consagradas.

Na verdade, à PJ compete o anúncio, a iniciação cristã, que por vezes se revela como uma verdadeira “reiniciação”, junto com o desenvolvimento desta mesma vida cristã durante o seu crescimento. Nesta Pastoral juvenil, os conteúdos da chamada “cultura vocacional” devem estar fortemente presentes em seus componentes fundamentais: gratuidade, busca de sentido, abertura à transcendência, generosidade…, espaços em que a verdade se realiza em nossa vida.

À PV (que também podemos chamar de “animação vocacional”) caberia, por sua vez, desenvolver os ingredientes específicos da cultura vocacional, isto é: os três chamados que recebemos – à vida, ao seguimento, ao testemunho – ; as formas de vida cristã, isto é, a vida secular e a vida de consagração especial; o discernimento como meio de escolha de vida através de oração, informação, reflexão, decisão, experiências fortes de interioridade e apostolado e acompanhamento espiritual; aspectos importantes do nosso carisma salesiano. Neste sentido, não pode faltar a proposta vocacional, ou seja, o convite a buscar a vontade de Deus para a própria vida.

Em suma, a Pastoral Vocacional é um “eixo transversal” da PJ, que liberta os sonhos que Deus colocou no coração dos jovens; que ama os jovens e, por isso, os chama; que põe as mãos sobre os jovens e os abençoa com afeto, como Jesus; mas é, ao mesmo tempo, uma “tarefa específica”, com meios e mediações próprias.

P. Miguel Angel Garcia Morcuende

Conselheiro Geral para a Pastoral Juvenil

Comments

comments

Comente!

Contato

  • +55 67 3312 6400
  • Rua Pe João Crippa, 1437
  • CEP 79002-390 - Campo Grande, MS