Início Paróquias Jovens xavante são batizados e recebem a Primeira Eucaristia na Missão Salesiana...

Jovens xavante são batizados e recebem a Primeira Eucaristia na Missão Salesiana de Sangradouro

47
0

Cerca de 100 jovens e adultos xavante receberam os sacramentos do Batismo e da Primeira Eucaristia neste domingo (09/10) na sede da Paróquia São José de Sangradouro, município de General Carneiro (MT). Com os corpos pintados para festa, os indígenas com suas famílias se reuniram no centro da aldeia para a celebração. O sacramento foi ministrado pelo pároco, P. Juan Carlos Uscola e pelo vigário P. Joseph Tran Van Lich.

Eles foram preparados nas próprias aldeias, pertencentes à T.I. de Sangradouro, Cabeceira da Pedra, Cachoeira, Sangradouro, Bom Jesus, São Sebastião, São João, Bom Sucesso, Tsimitsuté, Cantina e Santa Ângela. De acordo com o P. Lich, algumas aldeias enviaram os seus catecúmenos para fazerem a preparação em Sangradouro, na sede da paróquia onde, nas terças-feiras, a catequese acontecia debaixo das mangueiras. “Os catequistas dessa catequese foram Valeriano e José, os dois xavantes de daqui de Sangradouro. Nas aldeias, contamos com catequistas da própria aldeia, normalmente um cristão mais velho da aldeia ou uma pessoa que já foi batizada e manifesta bons exemplos da vida de cristão”, explica o missionário salesiano.

Por causa do período de pandemia, já fazia 3 anos que não se celebrava o Batismo entre os jovens xavante. Mesmo assim, o pároco acompanhou a preparação dos catecúmenos por um ano até chegar o dia do Batismo. O trabalho não é tão simples porque o significado do sacramento não é facilmente assimilado pela cultura xavante. “Claro que recordamos uma nova vida em Jesus Cristo, assumido uma caminhada nova e desafiadora como cristão no mundo”, explica o Padre Joseph Lich.

Na celebração, os xavante foram batizados e receberam também a Primeira Eucaristia. De acordo com o pároco, P. Juan Carlos, haverá a continuidade da catequese para que os xavante sejam preparados para receber o Sacramento da Crisma, que será ministrado pelo bispo da diocese. “Essa catequese vai começar no próximo ano, porque todos os que ainda não receberam a Crisma também poderão participar da mesma catequese”, afirmou o pároco.