Início Inspetor Inspetor da MSMT inicia visitas canônicas às presenças salesianas por Barra do...

Inspetor da MSMT inicia visitas canônicas às presenças salesianas por Barra do Garças

51
0

A comunidade Salesiana Santo Antônio, em Barra do Garças foi a primeira a receber a visita canônica do inspetor da Missão Salesiana de Mato Grosso neste ano. Padre Ricardo Carlos chegou a Barra do Garças na quinta-feira (16/02) e foi recebido com alegria pelos quatro salesianos que compõem a comunidade, P. Waldomiro Bronakowski, diretor e pároco, P. Miguel Paes, vigário paroquial, P. Klemens Deja, vice-diretor e vigário paroquial e Irmão Lauri Dornelles, encarregado do Oratório. “A visita foi bastante cordial, produtiva, animadora, incentivadora, ficamos muito contentes com as orientações práticas que ele deixou para nós” afirmou o diretor, P. Waldomiro.

Após o almoço festivo na quinta-feira, foi feita a oração de abertura oficial da visita canônica e, em seguida, P. Ricardo partilhou algumas informações relacionadas com o andamento da Inspetoria de Campo Grande. Depois, o inspetor teve o diálogo fraterno e individual com cada um dos irmãos da comunidade.

No segundo dia de visita, o inspetor encontrou-se com o Bispo Diocesano de Barra do Garças, Dom Protógenes José Luft, que inclusive almoçou com a comunidade salesiana. Durante a tarde, o inspetor fez uma a visita fraterna às Filhas de Maria Auxiliadora, irmãs salesianas que trabalham no Instituto Madre Marta Cerruti, localizado perto da igreja Santo Antônio. As irmãs salesianas têm em Barra do Garças uma escola com 800 alunos. Padre Ricardo foi conhecer melhor o colégio, acompanhado pelo diretor, P. Waldomiro, e conversaram com as irmãs que compõem o quadro das FMA naquela escola.

À noite, o inspetor participou de uma reunião com o CPP – Conselho Paroquial de Pastoral – de quem recebeu um relatório das atividades que estão sendo realizadas na paróquia salesiana. Foram apresentadas inúmeras inovações feitas na paróquia com impacto para toda a diocese. “Por exemplo, elaboramos o plano paroquial pastoral, estamos renovando as lideranças, e dentro do plano pastoral colocamos três prioridades, isto é, trabalho com a pastoral da juventude, pastoral familiar, e terceira prioridade, a igreja missionária, as missões”, destacou P. Waldomiro.

De acordo com P. Waldomiro, foi feita uma renovação das lideranças da paróquia porque, depois da pandemia, algumas lideranças, já de longa data, necessitavam de substituição. “Estamos também trazendo algumas pastorais novas, renovando e fortalecendo as existentes. Por exemplo o ECC – Encontro de Casais com Cristo – e eu sou também o vigário foranium – forania é uma região pastoral que abrange sete paróquias, quatro da cidade e três da cidades vizinhas. Formando essa forania e liderando essa forania lançamos o projeto de instalar em cada paróquia o ECC. Então, na cidade de Barra do Garças temos quatro paróquias. Neste ano temos o ECC somente aqui na paróquia salesiana. E já temos as datas marcadas para instalar na paróquia da Catedral São Francisco e Nossa Senhora Auxiliadora, para que todas as paróquias tenham um grupo do ECC. A mesma coisa com o SEGUE-ME, que é filho do ECC. Até agora nós temos o SEGUE-ME somente na paróquia Santo Antônio. E, depois de já instalado o ECC, nas três respectivas paróquias já vamos lançar também o projeto de instalar também o SEGUE-ME nessas paróquias. O SEGUE-ME não pode existir onde não existe o ECC. Primeiro o ECC, depois se instala e, com os filhos dos casais do ECC, se instala também o SEGUE-ME, que é um movimento eclesial juvenil”, lembrou o pároco salesiano.

Outra inovação apresentada pelo CPP ao inspetor salesiano foi o projeto da catequese. “Estamos investindo e inovando na catequese renovada. Já fizemos as inscrições e dobrou o número de inscritos. Renovamos a coordenação paroquial, o inspetor ficou muito contente com esse projeto. Inclusive instalamos também o pastoral da educação e a pastoral universitária. Nós temos quatro universidades, a cidade universitária aqui em Barra do Garças e nós estamos indo até lá nas universidades para levar a nossa proposta juvenil de evangelizar a nossa juventude acadêmica. Padre Ricardo ficou muito contente com este projeto juvenil inovador de formar a pastoral universitária e a pastoral da educação. Vinte e cinco pessoas já fazem parte da pastoral da educação e agora já estamos organizando, visitando as universidades para realizando o nosso projeto”, apontou padre Waldomiro .

Outra inovação apresentada pelo CPP ao inspetor salesiano foi o projeto de formar o Centro Social Dom Bosco Paroquial. Por enquanto a paróquia será responsável.  A intenção é formar o Centro Social Dom Bosco em uma comunidade periférica onde já existe oratório Dom Bosco. “Esse lançamento acontecerá, esperamos, que na metade no ano”, projetou.

Por último, foi apresentada uma necessidade do município, que foi atendida com a implantação da Pastoral Carcerária, que não existia até pouco tempo. “Dentro do território da paróquia temos a cadeia pública e, por isso, nós lançamos a pastoral carcerária nesta cidade, que não existia. Foi um pequeno sucesso muito bem aceito pela população carcerária e pela nossa paróquia, que não podemos deixar de lado. Não apenas como igreja que frequenta, mas como igreja missionária estamos indo até a cadeia pública levando a nossa mensagem cristã”, justificou.

O inspetor concluiu a visita no sábado (18/02), colocou algumas observações e deixou algumas palavras de incentivo para o trabalho cotidiano da comunidade.