Você está em:    Home      Notícias      Dia a Dia Salesiano      Estudantes salesianos de Teologia são ordenados Diáconos em Roma

Estudantes salesianos de Teologia são ordenados Diáconos em Roma

22 de junho de 2020

No dia 20 de junho, a Comunidade Salesiana Teólogos “Beato Zeffirino Namuncurá”, de Roma, celebrou as ordenações diaconais de 12 estudantes salesianos, provenientes de 10 diferentes Inspetorias e Visitadorias. A Liturgia, realizada na igreja de São Domingos Sávio, foi presidida por Dom Guerino Di Tora, Bispo Auxiliar de Roma. Receberam o primeiro estágio do Sacramento da Ordem os salesianos Diogo Almeida (Portugal), Jean Claude Asifiwe (Repubblica Democratica do Congo), Dritan Bushi (Italia), Domingos Chikenge Chimuco (Angola), Lukasz Duminski (Polônia), Emmanuel Rogesious (Siri Lanka), Michael Chinedu Okolo (Nigeria), Linus Onyenagubor (Nigeria), Savino Pecoraro (Italia), Rafael Gustavo Santos Lopes (Brasil), Christopher Joseph Xavier (Índia) e Marijan Zovak (Croacia).

O único brasileiro do grupo é o salesiano Rafael Gustavo Lopes (BCG), da Inspetoria de Santo Afonso Maria de Ligório. Ele revela que havia uma grande expectativa para a ordenação diaconal, desde o começo deste ano. No entanto, com a pandemia, a expectativa se transformou em sofrimento. “Foi uma mudança total ficamos em lockdown por mais ou menos três meses, posso dizer que diante desta situação me vi frágil, debilitado e confesso que chorei, sem saber o que realmente ia acontecer, mas sempre tenho confiança em Deus”, revela o neo-diácono  salesiano.

Para todos os estudantes de teologia, este é um tempo de intensificar a oração, pessoal e comunitária. Diante das incertezas, o apego foi grande às devoções salesianas, através das novenas a São João Bosco e Nossa Senhora Auxiliadora, entre outras. Por fim, no final do mês de maio veio a confirmação de que a ordenação diaconal aconteceria. “O diretor comunicou que faríamos a ordenação, mas com algumas medidas restritivas. Posso dizer que as coisas não estavam como eu havia sonhado, pois teria que ser ordenado em um local fechado, em meio a uma pandemia e com tantas medidas restritivas não era o que esperava. Mas procurei abrir os olhos para ver as situações com Fé.

A celebração foi transmitida pelas redes sociais e teve mais de vinte mil acessos de todo o mundo. A família de Rafael o acompanhou com as orações e pela internet. Foi uma celebração simples, chorei, me emocionei, a vivi de forma intensa, pois passa como um filme na cabeça, todo o tempo de formação. Chegar ao objetivo de hoje ser diácono e, daqui um ano, sacerdote, me deixa muito feliz por este passo na minha vida. Quero, com a ajuda de Deus, configurar minha vida com a de Jesus Cristo,  servir por amor, mostrar a todos e, principalmente aos jovens, que Deus existe e seu amor pode saciar uma vida (Const. 62), finaliza Rafael.

Comments

comments

Comente!

Contato

  • +55 67 3312 6400
  • Rua Pe João Crippa, 1437
  • CEP 79002-390 - Campo Grande, MS