Início Vídeos Vídeo 10ª semente – Acompanhamento permanente

Vídeo 10ª semente – Acompanhamento permanente

82
0

(ANS – Roma) – Com a 10ª Videossemente se completa a série dos subsídios oferecidos nestes meses que visam encorajar à leitura e à partilha de “Jovens Salesianos e Acompanhamento – Orientações e Diretrizes” (JSA). Nesta última mensagem falam-nos o Reitor-Mor, P. Ángel Fernández Artime, o Conselheiro Geral para a formação, P. Ivo Coelho, e também Christopher, Wellington, Carl, Ignazio – jovens irmãos pós-noviços, tirocinantes e estudantes de teologia que, junto com tantos outros seus colegas, tornaram possível a realização desta e das precedentes videomensagens.

O último focus é “Acompanhamento permanente”. Como diz o documento, “o acompanhamento espiritual pessoal não é entendido apenas como ajuda para administrar as crises; seu propósito é o crescimento contínuo em Cristo. Assim como a formação é permanente, também o acompanhamento espiritual pessoal é permanente (JSA 174). Quanto aqui se propõe está perfeitamente em linha com quanto a Igreja hoje segue e que o Papa Francisco em seu magistério várias vezes repisou: “Guiamos o povo para Jesus, se, por nossa vez, nos deixarmos guiar por Ele. Isto é o que devemos ser: guias guiados ” (2/2/2015).

Se há uma testemunha que sobre este tema nos fala de modo inequívoco com sua vida é Dom Bosco. “Dom Bosco foi guiado por quase 30 anos por Cafasso, até sua morte prematura aos 49 anos de idade, e, antes dele, por uma série de outros acompanhantes espirituais, a começar pelo bom P. Calosso” (JSA 173).

As palavras com que o P. Ángel conclui a videomensagem são um como mandato: a um só tempo, dá cumprimento e abre caminho. É mais um início que um fim; não só para esta 10ª Videossemente mas para toda a caminhada já feita. Afinal, todo este percurso não tinha outra finalidade senão a de abrir um caminho e de encorajar todos a percorrê-lo, de modo a tornar-se permanentes bons guias de jovens, capazes de deixar-se guiar pela voz do Espírito, através das tantas mediações com que diariamente nos acompanha.

“O acompanhamento permite-nos, de nossa parte, ser válidos companheiros de viagem dos jovens, assim como Dom Bosco o foi para Magone, para Sávio, e, no seu seguimento, Albera, Rua, Cagliero, Rinaldi souberam guiar gerações de jovens e de Salesianos até nós. Trata-se de uma semente que se identifica com o carisma e a missão de Dom Bosco. E é o que os jovens nos pediram expressamente no Capítulo Geral 28. Não os decepcionemos. Para responder-lhes devemos, antes de tudo, ser nós mesmos guias guiados, em todas as estações da nossa vida, a partir desta que estamos a viver, começando hoje” (P. Ángel).

O obrigado mais sentido do Dicastério para a Formação se dirige à Inspetoria da Sicília, à comunidade de Alcamo, e em especial a um seu coirmão jovem tirocinante, Orazio Moschetti, que com tanta dedicação cuidou das filmagens e da montagem dos vídeos para a disseminação, tanto deste documento quanto de “Animação e governo da comunidade – O serviço do Diretor salesiano”. Cada vídeo foi produzido em 5 (cinco) línguas, num total de 70 produções e montagens, em 10 meses: e tudo isto sem mudar em nada a sua já bem empenhativa agenda de tirocinante em sua comunidade.

É belo concluir com esta apreciação sincera de quanto podem fazer os jovens Irmãos, porque de fato “Jovens Salesianos Acompanhamento – Orientações e diretrizes” é principalmente fruto de quanto os mais de 3.500 jovens em formação (do pré-noviciado ao quinquênio) contribuíram na pesquisa de 2017, da qual se originou todo este percurso. Fazemos votos para que esta cooperação ativa e generosa caracterize também o processo de revisão da ‘Ratio’, apenas iniciado.

Pode-se descarregar junto com os subsídios de animação conexos, como também ter acesso às precedentes 9 (nove) videossementes e relativos subsídios, pela seção multimídia da página dedicada à formação, no sítio web www.sdb.org