Início Instituição de Ensino Superior UCDB promove descarte consciente de medicamentos em drive-thru

UCDB promove descarte consciente de medicamentos em drive-thru

367
0
Foto: Ilustração (iStok)

A Universidade Católica Dom Bosco (UCDB), através do curso de Farmácia, implementou um ponto de descarte consciente de medicamentos vencidos ou não utilizados, oferecendo essa facilidade aos colaboradores e à comunidade em geral. O serviço ocorrerá mensalmente em conjunto com o mutirão da Justiça Itinerante. Nesta terça-feira (28/05), a equipe promove um drive-thru para recolhimento e divulgação do novo serviço, das 7h às 12h, na entrada principal da instituição.

“Queremos que toda a população se conscientize do descarte correto de medicamentos e embalagens vencidas ou que não devem mais ser utilizados. Para isso, vamos oferecer um ponto de arrecadação na Universidade”, destacou Marla Ribeiro Arima Miranda, coordenadora do curso de Farmácia.

A iniciativa conta com a parceria da concessionária CG Solurb Soluções Ambientais Ltda., responsável pela gestão da limpeza urbana e manejo de resíduos sólidos de Campo Grande. “A empresa ficará responsável por efetuar o recolhimento e o descarte correto dos resíduos, uma vez por mês”, completou a professora Marla Miranda.

O uso inadequado e o descarte incorreto de medicamentos podem causar sérios danos ao meio ambiente e à saúde humana. “Ao realizar o descarte de medicamentos de forma incorreta, pode ocorrer a poluição do ambiente, por meio da decomposição destas substâncias que, na maioria das vezes, são consideradas tóxicas, ou que podem se tornar tóxicas devido a processos de degradação, ocasionando a contaminação do ar, da água e do solo. Essa poluição pode afetar direta ou indiretamente os ecossistemas, seja pela contaminação do solo ou pelo consumo de tais substâncias por outros organismos vivos e pelo próprio ser humano ao se alimentar destes e/ou ingerir água contendo tais substâncias”, explicou Ana Paula Teles, engenheira sanitarista e ambiental e docente da Católica.

Desde 2010, a Política Nacional de Resíduos Sólidos (Lei Federal n° 12.305) estabelece a responsabilidade compartilhada pelo ciclo de vida dos produtos, envolvendo desde o fabricante até o consumidor final no gerenciamento adequado dos resíduos. “A logística reversa consiste em viabilizar a coleta e a restituição dos resíduos sólidos ao setor empresarial. E mais recentemente, o Decreto n° 10.388, de 5 de junho de 2020, instituiu a logística reversa de medicamentos domiciliares vencidos ou em desuso, de uso humano, industrializados e manipulados, e de suas embalagens após o descarte pelos consumidores”, detalhou a professora Teles.

Há mais de cinco anos, a coordenação do curso de Farmácia e os acadêmicos da UCDB realizam ações pontuais pela cidade para promover o descarte correto de medicamentos, reforçando o compromisso com a saúde pública e a preservação ambiental.

Com informações: Assessoria UCDB