Você está em:    Home      Notícias      Dia a Dia Salesiano      Salesianos concluem o terceiro e último retiro do ano de 2022

Salesianos concluem o terceiro e último retiro do ano de 2022

21 de janeiro de 2022

Mais um grupo de padres e irmãos encerrou o Retiro Anual dos Salesianos de Dom Bosco nesta sexta-feira (21/01). Este foi o terceiro e último retiro do ano de 2022, no qual os padres e irmãos puderam, mais uma vez, aprofundar o estudo da espiritualidade salesiana, renovar seus votos perpétuos e preparar-se espiritualmente para o ano que se inicia.

Os retiros estão previstos pelas Constituições da Congregação Salesiana, no artigo 91. Trata-se de uma proposta de Dom Bosco, que realizada anualmente, convida os religiosos a rememorarem o carisma salesiano e a prepararem propósitos para o ano que se inicia.

O inspetor da Missão Salesiana de Mato Grosso, Padre Ricardo Carlos avaliou positivamente a participação dos salesianos neste ano e conta que os retiros são sempre momentos de alegria fraterna muito esperados pelos salesianos. “O retiro é um momento de parar, de reavivar a vocação religiosa, de ouvir a palavra de Deus, de retomar os bons propósitos, rever o projeto de vida, e sem dúvida, também para nos encontrarmos e conviver enquanto irmãos”, apontou o inspetor.

Nos retiros deste ano os salesianos foram motivados a aprofundar a espiritualidade, história e vida de São Francisco de Sales, espelho para a criação da congregação, cuja memória é celebrada na próxima segunda-feira, dia 24 de janeiro. Inclusive, neste ano de 2022, é celebrado o 4º centenário da morte de São Francisco de Sales.

“São Francisco de Sales foi um santo muito atual à sua época, ele quis, de fato, dar algumas respostas para o que vivenciava. Ele dizia que a santidade não era apenas para os religiosos, como padres, irmãs, bispos, ou pessoas consagradas, mas afirmava que a santidade era para todos, ou seja, também para os leigos. […] Acreditava muito na humanidade, então o amor e a graça de Deus supõe o ser-humano, sem a separação do corpo e da alma, tem que levar em consideração a pessoa humana, isso também é fruto da espiritualidade dele, e juntamente com a questão humana, a liberdade da pessoa, liberdade no sentido de que Deus não impõe nada, ele não impõe a fé, não impõe a crença. A liberdade, para São Francisco de Sales, é um dom de Deus”, explica o inspetor P. Ricardo Carlos. 

 

Comments

comments

Comente!

Contato

  • +55 67 3312 6400
  • Rua Pe João Crippa, 1437
  • CEP 79002-390 - Campo Grande, MS