Início Comunicação Social Reitor-mor visita campo de refugiados na África

Reitor-mor visita campo de refugiados na África

31
0

O último dia viagem do reitor-mor dos salesianos, padre Ángel Fernández Artime, à África, 21 de fevereiro, teve início com uma visita ao campo de refugiados junto à missão salesiana de Juba. Foi uma escolha intencional começar a visita oficial, encontrando-se antes de tudo com as pessoas mais vulneráveis do campo. As crianças se sentiram realmente a vontade na companhia do reitor-mor.

Padre Artime demonstrou ali todo o seu afeto tomando  nos braços, com frequência, os mais pequenos. Depois participou de um programa cultural na paróquia salesiana; e também nessa ocasião deixou-se envolver plenamente pelo clima de festa, experimentando algumas máscaras e danças africanas. Seus passos no ritmo e a atitude benévola para com os mais pequenos foram muito apreciados pelo povo.

O reitor-mor reuniu-se a seguir com os salesianos da Comunidade, podendo assim conhecer a realidade da missão salesiana nessa região. A eles o reitor-mor apresentou suas indicações e recomendações para o crescimento da missão salesiana em Sudão do Sul. E com o mesmo espírito dialogou com as Filhas de Maria Auxiliadora, em sua casa.

A solene Eucaristia na Paróquia reuniu todos os cristãos da comunidade. Na homilia o X sucessor de Dom Bosco agradeceu a toda a população e repetiu a sua convicção de que a missão tem um grande futuro, porque continua a gozar do abraço do amor de Cristo. Com convicção e esperança assegurou depois à comunidade cristã a sua contínua lembrança, com a promessa de orações pelo país, tão provado pela guerra e pelos conflitos.

As suas palavras de despedida aos Salesianos e à Família Salesiana foram de encorajamento para um contínuo empenho de pertencer aos pobres e de encontrar Cristo entre elas.

Às 17 horas o reitor-mor e o seu secretário, padre Horacio López, partiram para o aeroporto, de  volta a Roma.

“O Reitor-Mor conquistou os corações dos africanos e deixou uma linda lembrança da sua visita por meio de seus gestos de afeto, de amor e de suas palavras cheias de esperança. Obrigado, padre Ángel, e um caloroso abraço de todos os seus filhos do Sudão do Sul”, expressaram os Salesianos de Juba.

Fonte: InfoANS