Início Comunicação Social Procissão de grupos de Pastoral e “sorvetada” marcam a Festa de Dom...

Procissão de grupos de Pastoral e “sorvetada” marcam a Festa de Dom Bosco no Colégio São Gonçalo em Cuiabá

56
0

A festa do aniversário de nascimento de Dom Bosco foi celebrada durante a “Quarta Cultural”, com o todos os alunos e educadores nos dois períodos (matutino e vespertino), inclusive os alunos do sistema remoto, que puderam acompanhar de casa.

A Pastoral do Colégio São Gonçalo manteve a tradição de, anualmente, tornar viva e presente nos pátios do Colégio a presença e o espírito de Dom Bosco com a procissão dos grupos que fazem parte da animação Pastoral. De acordo com o Coordenador da Pastoral do Colégio, P. Wilson Pereira, “foi um momento forte, espirituoso e de muita alegria, como sempre quis Dom Bosco em seu Oratório: ‘uma casa sem alegria é como um corpo sem alma’. A vivência destes momentos no Colégio São Gonçalo faz com que os alunos e todo o corpo educativo voltem o coração e o pensamento para outro foco, além das privações que o tempo presente assola a todos. Dom Bosco gastou sua vida para que seus jovens fossem ‘bons cristãos e honestos cidadãos’ e, a exemplo do seu fundador, hoje o Colégio São Gonçalo empenha-se para que este ideal continue sendo seu fermento na massa quando EVANGELIZA-EDUCANDO E EDUCA-EVANGELIZANDO”, afirmou o salesiano.

A quarta cultural da Pastoral do CSSG festejou os 206 anos do nascimento de São João Bosco. Um padre simples do Piemonte, uma região de camponeses de Turin/Itália, que “até o último suspiro” desgastou sua vida pela juventude, principalmente pelos mais pobres. Em 31 de janeiro de 1888, depois de ter se desgastado por amor a Deus e pela salvação das almas, ele partiu para a eternidade.

A presença de Maria na vida de Dom Bosco — Dom Bosco sempre teve uma profunda devoção a Virgem Maria. Aos nove anos de idade, Dom Bosco teve seu primeiro sonho a respeito da presença de Nossa Senhora em sua vida. Mas, quem lhe ensinou a devoção a Maria foi a mamãe Margarida. Ele carregou essa devoção mariana durante toda a sua vida. Nossa Senhora aparece com muita frequência nos sonhos e nas visões de Dom Bosco.

Além da celebração e da procissão dos grupos da Pastoral, a “Quarta Cultural” no Colégio São Gonçalo nesta semana terminou com uma “sorvetada” para todos os alunos.