Você está em:    Home      Notícias      Em destaque      P. Gildásio Mendes : “A internet é uma Rede de Rituais Humanos e Culturais”

P. Gildásio Mendes : “A internet é uma Rede de Rituais Humanos e Culturais”

25 de março de 2021
Published in Em destaque, Notícias

(ANS – Roma) – “Queridos amigos e amigas! Compartilho com vocês, com simplicidade, parte da entrevista que concedi ao Diretor do Boletim Salesiano da Itália, P. Bruno Ferrero. Destaco alguns pontos sobre a comunicação atual, na perspectiva salesiana, baseados na Programação do Dicastério da Comunicação para os próximos cinco anos. Agradeço pela atenção e fraternidade.” (P. Gildasio Mendes, Conselheiro para a Comunicação Social).

BS: Dirigir, animar e elevar a comunicação interna e externa da Congregação Salesiana é uma tarefa difícil?

Estou muito feliz em poder trabalhar na Congregação por meio da comunicação. Assumir este serviço de Conselheiro para a Comunicação Social é um grande desafio e uma missão fascinante! Eu não diria que a tarefa é difícil, mas desafiadora.

O P. Ángel Fernández Artime, na Proposta Programática do Reitor-Mor à Congregação Salesiana após o Capítulo Geral 28, propõe que avancemos juntos, como educadores, para inculturar o Evangelho no ambiente digital.

Somos uma Congregação com grande força e criatividade comunicativa. Estamos presentes na rádio, TV, redes sociais, editoras, faculdades de comunicação, internet, sempre com a presença e a colaboração de jovens e leigos que compartilham o espírito e a missão de Dom Bosco.

No contexto do mundo digital e das mídias sociais, a comunicação fascina, ao mesmo tempo em que desafia.

Para nós, salesianos educadores, a comunicação é fundamental para a nossa missão. Somos, de fato, um vasto movimento de comunicação no mundo!

Creio que seja muito importante, hoje, para nós, comunicarmos a partir de nossa identidade de consagrados, de salesianos, de educadores. Comunicar partindo do Evangelho e do carisma de Dom Bosco.

Hoje não basta ser um bom comunicador nas redes sociais. É preciso atuar em conjunto, seja do ponto de vista institucional como do ponto de vista carismático. Isto significa ter um projeto educativo, valores compartilhados e um grupo de referência, ou seja, atuar como membros de um único corpo.

Hoje falamos com frequência sobre redes, ecossistema de comunicação ou convergência de tecnologias da informação. Devemos acompanhar estas novas visões da comunicação, mas sempre como comunidade e numa perspectiva pastoral-educativa.

BS: Qual sua opinião sobre o mundo da comunicação atual?

A comunicação digital e online é uma verdadeira revolução cultural.

Em poucas décadas o mundo passou por uma profunda mudança de paradigmas culturais e sociais devido às tecnologias da informação, internet, mídias sociais e smartphones.

Sabemos que a Igreja e a Congregação Salesiana, de forma atualizada e segura, oferecem reflexão, critérios e metodologias para viver e trabalhar neste ambiente digital.

Evidentemente, com o desenvolvimento do mundo digital, surgem desafios como a segurança e a privacidade; além disso, entre os outros desafios, é preciso lembrar-se da exclusão digital.

Para nós, salesianos, o grande desafio é: como educar e evangelizar neste novo habitat? Contamos com diversos estudos, realizados em nossas universidades ao redor do mundo, sobre o fenômeno da comunicação. Temos centros de comunicação, grupos de estudo, reflexão e prática pastoral no ambiente digital.

Acredito que devemos continuar a aprofundar maneiras de evangelizar no ambiente digital. Não podemos nos limitar a simplesmente produzir informação para a internet e as redes sociais ou estarmos sempre pesente online. Tudo isso faz parte, mas o desafio é maior!

BS: Como comunicar a partir do carisma salesiano, com criatividade, significado e qualidade?

Isto demanda alguns critérios e metodologias claros e compartilhados.

Na verdade, a Internet é uma vasta rede de rituais humanos e culturais.

Na internet podemos encontrar arte, gastronomia, política, moda, esportes, música, filmes, compras, relações interpessoais, informações sobre o cotidiano, conteúdos religiosos, ritos de vida e de morte. O ser humano se comunica porque está sempre em busca de um sentido, de uma forma de expressar sua liberdade e seus sonhos.

Por isso, devemos olhar para a internet como parte de nossa vida, como uma expressão e extensão dos rituais humanos. Creio que, a partir destes rituais, destes elementos antropológicos e culturais, podemos aprofundar a evangelização no habitat digital.

Também somos solicitados a acompanhar a evolução da tecnologia. O 5G acarretará mais uma grande mudança na maneira de comunicar, principalmente por permitir um acesso mais rápido e com maior capacidade de gestão dos dados e das informações. A internet móvel está crescendo em todo o mundo.

O mundo da comunicação, por si só, é simples. Porém, considerando a velocidade da transformação digital, é sempre importante acompanhar e dar uma resposta educativa ao novo que já existe e ao que aparecerá neste campo.

Por exemplo, conhecer melhor o funcionamento dos algoritmos no mundo digital, a maneira com a qual as grandes empresas usam estas linguagens e seu impacto na vida das pessoas e das comunidades. A educação a distância é outra nova realidade que mudará muito a forma como ensinamos e aprendemos.

A comunicação a serviço da criação, da sustentabilidade, da inclusão digital, da educação e da segurança sanitária é muito importante para nós, para as famílias. A inteligência artificial é uma realidade que ainda vai se desenvolver muito. O controle da informação em nível de empresas e governos, seus aspectos éticos e de segurança certamente merecem a nossa atenção, estudo e acompanhamento.

BS: Quais são as linhas programáticas propostas?

Temos três grandes prioridades para o Setor da Comunicação: a formação dos nossos delegados de comunicação, o acompanhamento dos salesianos e leigos envolvidos na comunicação e a comunicação institucional (comunicação interna e externa, trabalho colaborativo e em rede, qualidade das infraestruturas digitais na instituição, gestão de crises , sistema de redes, criação e distribuição de informação…).

No contexto da comunicação institucional, queremos cuidar do Boletim Salesiano, das editoras, dos sites e das redes sociais. Isso tudo requer diálogo, senso de colaboração e muito trabalho.

Trabalhar na gestão compartilhada com os leigos é uma opção fundamental para a comunicação atual.

A digitalização das nossas comunidades e obras e a preparação profissional e pastoral dos salesianos e dos leigos são passos importantes que queremos compartilhar com as Inspetorias e com a Família Salesiana.

Além disso, queremos aprofundar a dimensão missionária da comunicação e desenvolver a gestão de forma colaborativa, especialmente com os dicastérios para a pastoral juvenil, formação, missões e Família Salesiana.

Comments

comments

Comente!

Contato

  • +55 67 3312 6400
  • Rua Pe João Crippa, 1437
  • CEP 79002-390 - Campo Grande, MS