Você está em:    Home      Notícias      Dia a Dia Salesiano      “É Cristo que vive em mim”

“É Cristo que vive em mim”

18 de julho de 2021

P. Rafael Gustavo Lopes é o mais novo sacerdote salesiano na MSMT

A solenidade presidida pelo Bispo Auxiliar de Manaus, Dom Edimílson Tadeu Canavarros, foi realizada no salão do Oratório Filhos de Dom Bosco, em Rondonópolis, mesmo lugar onde Rafael teve seu primeiro contato com os salesianos há mais de 20 anos. Também participaram da celebração o inspetor da Missão Salesiana de Mato Grosso, P. Ricardo Carlos, o administrador diocesano de Rondonópolis, P. José Éder, sacerdotes salesianos representantes de todas as presenças da Inspetoria de Campo Grande e também padres religiosos e diocesanos de Rondonópolis, além de amigos e familiares e representantes da comunidade da Paróquia São João Batista.

Devido às restrições sanitárias ainda em vigor foi necessário reduzir o número de presentes no local da cerimônia para manter o distanciamento de cadeiras, apesar do grande espaço existente no teatro São Francisco de Sales, no Oratório Salesiano de Rondonópolis. Um grande número de pessoas acompanhou a celebração pela transmissão

O lema escolhido para o ministério presbiteral foi tirado da Epístola aos Colossenses (2,20), “É Cristo que vive em mim”. “Eu quero que Cristo viva em mim para que eu possa mostrar para as pessoas que Cristo não é uma teoria, mas é aquele amigo que te eleva quando você está caindo, que eu quero configurar o meu coração com a figura do Bom Pastor, que carrega a sua ovelha nos braços”, explicou o recém ordenado.

Na homilia da solenidade de ordenação, Dom Edmílson Tadeu Canavarros destacou a liberdade do compromisso assumido diante de Deus para uma missão sacerdotal. “Deus é criativo em seu modo de abordar cada homem e cada mulher apresentando seu projeto de salvação e serviço, ao mesmo tempo que respeita profundamente nossa liberdade num diálogo de amor que se dá sempre mediado por pessoas e acontecimentos, de modo que ninguém se torne escravo de um destino cego”, afirmou o presidente da celebração.

Sobre o lema escolhido pelo novo sacerdote salesiano, o Bispo ainda fez uma reflexão em que citou parte da liturgia da ordenação como motivação e explicação da missão confiada ao ordenado. “O salmo 22 nos sugere uma pergunta: como ser padre segundo o coração do Bom Pastor? Assumindo o estilo de vida de Cristo é uma resposta mais direta. Daqui a pouco o Rafael vai ouvir do bispo, ao entregar-lhe a patena com a hóstia e o cálice com vinho, estas palavras: ‘Recebe a oferenda do povo santo para apresentá-la a Deus. Toma consciência do que vai fazer e põe em prática o que vai celebrar, conformando a tua vida com o mistério da Cruz do Senhor’. Conformar a própria vida ao mistério da Cruz de Cristo significa, em primeiro lugar, unir-se a Cristo durante a celebração da Santa Missa e oferecer-se com Ele ao Pai para a Salvação do Mundo. Significa também ser pastor. Cristo entregou-se por inteiro para a salvação da humanidade. Isso exige de nós gastar a cada dia um pouco da nossa existência para que o rebanho tenha mais vida, ser manso e humilde de coração. Seguindo o exemplo do Bom Pastor, é aproximar-se daqueles que sofrem, dos doentes, dos pobres deste mundo. Significa também ser santo, assumindo o estilo de vida de Cristo”, afirmou.

“Ser ungido é ser separado e ser capacitado para falar e fazer o que Deus inspira ou determina” — Ao final da celebração, a ata da cerimônia foi lida pelo P. Wagner Galvão, Delegado Inspetorial para a Pastoral Juvenil Vocacional, e assinada pelo Bispo, Dom Tadeu, pelo Inspetor, P. Ricardo Carlos e pelo agora Padre Rafael Gustavo. Nos seus agradecimentos finais, Padre Rafael lembrou de todos os que se dedicaram a realizar a celebração, especialmente ao P. Danilo Rinaldi, a quem atribuiu como principal exemplo para sentir o chamado vocacional ao sacerdócio. “Hoje dou mais um passo na concretização desse chamado de Deus em minha vida. Mais uma vez respondo sim a Deus na certeza que Ele me capacitará para as diversas realidades do mundo. Um sentimento de alegria inunda o meu coração. A convicção que tenho e posso dizer é que tudo é Graça de Deus. Tenho a plena consciência de que se cheguei até aqui foi por bondade divina. Foi Deus que lançou sobre mim o seu olhar de amor, me chamou e me consagrou para este ministério santo e eterno”, declarou.

A missão do neossacerdote salesiano será também na sua cidade Natal, onde celebra a sua primeira missa neste domingo (18/07), na sede da Paróquia São João Batista.

 

Euclides Fernandes

DRT/MS 55/02

Comments

comments

Comente!

Contato

  • +55 67 3312 6400
  • Rua Pe João Crippa, 1437
  • CEP 79002-390 - Campo Grande, MS