Início Comunicação Social Comunidade de Três Lagoas agradece o Pe. Giuseppe Crevacore pelos 16 anos...

Comunidade de Três Lagoas agradece o Pe. Giuseppe Crevacore pelos 16 anos de serviços pastorais

97
0

No último mês, o comunidade trêslagoense recebeu a notícia da transferência do Pe. Giuseppe Crevacore, sdb – para Campo Grande, onde residirá e trabalhará no Instituto São Vicente (Lagoa da Cruz) junto à equipe formadora do Pós-noviciado interinspetorial. Após 16 anos de atividades pastorais no munícipio, Pe. José (como é mais conhecido) iniciará sua nova missão nas terras onde em tempos passados trabalhou  como diretor do Colégio Salesiano Dom Bosco.

Em Três Lagoas, desenvolveu grande parte do seu trabalho na paróquia Santo Antônio, de 2001 a 2011 – como diretor geral; animador da família salesiana; encarregado pela animação  da catequese paroquial e por um tempo, administrador paroquial (pároco). Após a entrega da paróquia à diocese, no ano de 2012, trabalhou desde então, junto a catequese de adultos; com a  Família Salesiana ;no apostolado incansável dos sacramentos da reconciliação e unção dos enfermos; e a orientação de jovens e adultos.

 

Para os jovens e os casais jovens, ele exerce o papel de um grande pai e orientador espiritual, que busca sempre instruir e educar com o método de Dom Bosco. Por meio da bondade e da mansidão, conquistou e equilibrou muitas famílias com o seu simples jeito de ser. Querido por todos, tornou-se um exemplo a ser seguido e almejado.

Em agradecimento a Deus e a ele pelo trabalho desenvolvido no meio do povo, cada comunidade prepara, de forma especial, a maneira de melhor expressar seu agradecimento e gratidão por todos os momentos passados juntos. Até os dias de hoje, a comunidade da Catedral Sagrado Coração de Jesus, comunidade Santo Antônio e a comunidade Dom Bosco preparam as celebrações muito festivas.

Abaixo, segue a lista da programação festiva em cada comunidade:

  • 02 de agosto – Encontro com os SSCC
  • 06 de agosto – Encontro com a Família Salesiana
  • 07 de agosto – Comunidade Nossa Senhora de Fátima às 08 horas. Comunidade Nossa Senhora Auxiliadora às 17 horas.
  • 12 de agosto – Centro Juvenil “Jesus Adolecente” às 16:30 horas.
  • 13 de agosto – Oratório do Centro Juvenil às 16:30 horas.
  • 14 de agosto – Comunidade São José às 07:30 horas. Comunidade São Francisco de Assis às 19 horas.
  • 16 de agosto – Nascimento de Dom Bosco – Despedida entre os SDB’s locais.

É perceptível tamanho carinho que a comunidade expressa pela figura do Pe. José. Consultando algumas pessoas, pudemos receber alguns testemunhos de pessoas que conviveram durante muito tempo com ele, em Três Lagoas. As palavras descritas retratam tamanha gratidão que temos ao serviço incessante construído.

CAPA

“Entre tantos anos, não posso dizer que Pe. Giuseppe era um chefe para mim e sim um grande companheiro de trabalho: foi paciente, um pai, um amigo que nunca encontrei; na sua tamanha simplicidade, ensinou-me a ser paciente, compreensiva, a escutar as pessoas e atendê-las com eterno amor no coração. Em quase 06 anos de trabalho, como secretária paroquial, era meu companheiro na maior parte dos meus dias, entre agendas, batizados, missas, catequese e confissões. Uma dedicação impecável com todos: nunca o via com mau humor, sempre caridoso com os necessitados e quando perguntava-o pela manhã pela manhã se ele estava bem, escutava: “-Ainda vivo!”. O que mais chamava-me à atenção era a sua dedicação para a catequese com crianças e adultos. Tive a oportunidade de ser sua catequizanda e crismanda, onde também dedicou-se todas as noites por 03 meses para catequizar-me juntamente com muitas outras pessoas. Uma dedicação incansável! Pe. Giuseppe cuidou com muito carinho da minha catequese com seus ensinamentos profundos e também com minha vida pessoal (casamento). Durante a minha gravidez, ensinou-me a novena a São Domingos Sávio, para ter Fé e ser mãe; hoje tenho o Davi, com 04 meses. Pe. Giuseppe, tenho-o em meu coração como o meu exemplo de Padre, dedicado a sua vocação, educador amoroso e atento aos primorosos ensinamentos de puro amor a Deus e a Igreja.”

Pamela de Matos Silva

“Eu fui uma das primeiras pessoas a conhecer o Padre José. Isto porque, sou enfermeira e ele chegou aqui adoentado e já ficou internado, porque precisava de repouso. O que mais me chamou a atenção, é que todas as vezes que eu entrava no quarto, ele estava sempre com seu livro de orações ou o terço nas mãos. Ele melhorou e foi para a casa com os outros padres! Mas, sempre vinha ao hospital celebrar a missa; fazia visitas aos doentes; e assim, ele foi entrando em nossas vidas.Sempre com sua presença, meiga,carinhosa e uma palavra de apoio e solidariedade nos momentos difíceis. Eu tenho certeza que conquistou muitas almas para Jesus, com seus conselhos e principalmente paciência. Agradecemos a Deus, por nos ter dado a oportunidade de conhece-lo e conviver com ele por todo esse tempo. E, quando os o anjos perguntarem, eu vou dizer que vivi com um santo.”

                                                                                  Maria Rosária Ramalho Antônio Siqueira

“Padre José- nosso anjo sem asas. Com ele, aprendi a alegria de ser cristã. Na sua simplicidade, ensinou-me a aceitar às pessoas como elas são, a ter mais paciência…Isto ainda estou aprendendo….Por isso, é triste ficar longe dele. Com sua imensa sabedoria sempre esteve, nestes 15 anos de convivência, presente nos momentos de alegria, angústias e preocupações. Só tenho a agradecer tantos exemplos de como ter uma vida mais feliz, com Cristo e Nossa Senhora. Obrigada Padre José.”

                                                                                                                                        Luciana Braçal

“Amado Padre José, o que dizer sobre o senhor? Só tenho a agradecer a Deus por ter enviado o senhor em minha vida e de minha família. Obrigado pelos seus ensinamentos, pela sua compreensão em me ajudar e tirar todas as minhas dúvidas quanto a religião Católica. Padre José, meu pai na fé, te amamos muito!”

 Flavia Amorim e família

“O conheci no ano de 2007. Eu era catequista e ele um Padre, na verdade um pai: acolhedor, amigo, risonho, fiel, cheio do Espírito Santo, um verdadeiro apóstolo de Cristo. A bondade, a caridade e ahumildade estão presentesem todas as suas ações, principalmente com as crianças e com os jovens. Por onde passa, leva esse seu jeito simples, amoroso, doce…Ah! São tantas qualidades e tantas bençãos que é impossível inumerá-las. Pe. José, agradeço a Deuspor você existir e por você ser assim,do jeito que é. Que Deus o abençoemuito e lhe dê muita saúde, força e Fé para cuidar do seu rebanho. Eu te amo muito.”

                                                                                                                                                             Adla Mizuno

 

“Graças ao Pe. José, tive o aprendizado de vida cristã, aprendi amar ao próximo e trabalhar pelo próximo. Quero agradecê-lo por todo amor, carinho e dedicação por nossa paróquia, diocese e principalmente pelo movimento JOVISA – TrêsLagoas. Pe. José, nosso muito obrigado…Te amamos!”

                                                                                                                                             Wictor Palmeira

 

“Tive a experiência de estar bem perto deste santo durante muito tempo. O conheci ainda menino, embora não frequêntasse muito à Igreja. Quando passei a frequêntar e iniciar os caminhos catequéticos em minha vida, descobri um grande amigo e pai, espiritual. Não tenho palavras para demonstrar tamanha gratidão pelos diversos momentos de alegria que vivemos juntos…Sempre tive comigo um fiel amigo, confessor e orientador. Podemos dizer que temos em nosso meio um “Santo vivo”. Assim como Dom Bosco, passou deixando o amor e a bondade por onde andou. Que Deus o abençoe sempre, Pe. José!”

                                                                                                                                             Vinícius Martins

 

O nosso agradecimento ao Pe. José pelos diversos trabalhos feitos em nossa cidade. Os ensinamentos aprendidos serão lançados por várias gerações e frutificarão nos corações bondosos. Obrigado Pe. José!

“Não com pancadas João, mas com amor no coração!”

 

                                                                                                                                                                      Autor: Vinícius Martins