Início Instituição de Ensino Superior Araçatuba aguarda chegada dos voluntários da Missão Humanitária do UniSALESIANO no próximo...

Araçatuba aguarda chegada dos voluntários da Missão Humanitária do UniSALESIANO no próximo domingo

185
0
Missão Humanitária do Unisalesiano deve retornar do Rio Grande do Sul no próximo final de semana. Foto: Divulgação Unisalesiano

No próximo domingo, dia 2 de junho, os 37 voluntários da Missão Humanitária do UniSALESIANO: “Saúde não espera!”, deverão retornar a Araçatuba após uma árdua e gratificante jornada no Rio Grande do Sul. O ônibus, providenciado em parceria com a Prefeitura de Araçatuba, partirá de Porto Alegre na manhã do dia 1º de junho, com previsão de chegada ao campus do UniSALESIANO entre 10h e 12h do dia seguinte.

A viagem de volta trará na bagagem dos voluntários experiência profissional, emoções, saudades e um profundo sentimento de dever cumprido. Durante 15 dias, esses dedicados profissionais e acadêmicos se empenharam em levar assistência e esperança às vítimas das enchentes que devastaram o Rio Grande do Sul entre abril e maio deste ano.

A equipe permaneceu na Faculdade Dom Bosco, casa salesiana de Porto Alegre, que faz parte da Rede Mundial IUS (Instituições Salesianas de Educação Superior), e foi coordenada pelo médico Dr. Ângelo Jacomossi. A presença da equipe foi solicitada pelos chefes de diversos abrigos, devido à diminuição do número de médicos e enfermeiros voluntários, que tiveram que retornar aos seus postos de trabalho conforme as águas foram baixando.

Dr. Ângelo organizou o grupo para maximizar o atendimento às vítimas, dividindo a equipe com o auxílio do Dr. Lucas Caroli Cruz. Juntos, coordenam os esforços em vários abrigos, incluindo o 60+ (exclusivo para idosos), Santa Rosa, Chácara da Fumaça, a Escola Estadual Gomes Carneiro, entre outros.

“Nós nos dividimos para garantir que o maior número de desabrigados pudesse receber atendimento,” explicou Dr. Ângelo. A dedicação dos voluntários foi exemplar, proporcionando cuidados médicos, apoio psicológico e um conforto essencial para aqueles que enfrentaram a tragédia das enchentes.

Pró-Reitor de Ensino, Pesquisa e Pós-Graduação, Prof. André Ornellas, analisa que o retorno dos voluntários será marcado por um misto de alegria e reflexão. “Junto com a experiência de um trabalho bem-feito, certamente trarão consigo histórias de superação e resiliência das pessoas que ajudaram”, comentou.

Já o Reitor do UniSALESIANO, P. Paulo Vendrame, SDB, aguarda ansiosamente por seus heróis, certos de que, mesmo em meio às dificuldades, a solidariedade e o espírito de serviço prevaleceram. “A Missão Humanitária: ‘Saúde não espera!’ demonstra que, quando se trata de ajudar o próximo, não existem barreiras intransponíveis”, concluiu.

Com informações: Assessoria Unisalesiano