Você está em:    Home      Notícias      Dia a Dia Salesiano      UniSALESIANO lança e-book interativo desenvolvido por docente do curso de Medicina

UniSALESIANO lança e-book interativo desenvolvido por docente do curso de Medicina

19 de junho de 2020

UniSALESIANO inovou mais uma vez e lançou, recentemente, o e-book interativo “Princípios Elementares em Sistema Nervoso – Exame Neurológico”, de autoria do neurocirurgião e docente do curso de Medicina, Dr. Marco Túlio França.

Pode-se dizer que a obra, gratuita, é uma das primeiras do país a unir o conteúdo com imagens e vídeos explicativos. Sua publicação se deu através de um trabalho primoroso do médico e professor e da equipe de Comunicação do UniSALESIANO, responsável pelas gravações das simulações apresentadas em forma de texto online.

O livro trata da semiologia neurológica e comportamental. Direcionado aos alunos de Medicina do UniSALESIANO, médicos generalistas e demais interessados, pode ser acessado através do endereço eletrônico: www.unisalesiano.com.br/publicacao/principios-elementares-em-sistema-nervoso-exame-neurologico/

“A publicação tem por objetivo dar ao acadêmico de Medicina, e também recordar ao médico generalista, as noções essenciais sobre o exame neurológico”, explicou o autor, ao lembrar que, essa produção estará em contínua atualização e que o assunto não se esgota, ele apenas inicia como uma base de informações.

coordenador do curso de Medicina do UniSALESIANO, Dr. Antônio Henrique Poletto, disse que o curso tem contribuído para modificar muitas realidades do cotidiano e, uma delas, foi estimular médicos na carreira de professor a ampliarem seus legados. “O livro do professor Túlio é um belo exemplo disso. Parabéns pela obra inovadora”, disse.

Já o Pró-Reitor Acadêmico e Pós-Graduação do UniSALESIANO, Prof. André Ornellas, lembrou que o curso de Medicina, desde o início, tem a tecnologia como aliada do ensino, pois possui diversas aulas gravadas para pesquisa mundial. “Eu acredito que o e-book faz parte da linha de trabalho da Instituição, unindo qualidade e tecnologia. Além disso, vai servir de exemplo para outros docentes que almejam lançar livros digitais, que são bem mais práticos”, afirmou.

E, para finalizar, a palavra do Reitor do UniSALESIANO, Pe. Luigi Favero: “Parabenizo o Dr. Marco Túlio por ser o autor deste 1º opúsculo, que se apresenta interessante no conteúdo e belo em sua veste gráfica. “Sua leitura é clara, objetiva e agradável, sendo dividido em cinco eixos. Faço votos que o Dr. Marco Túlio, nosso estimado professor e amigo, continue a nos fazer outras belas surpresas e seja um exemplo para outros bons e numerosos seguidores”, concluiu Pe. Luigi.

Confira abaixo a entrevista com o Dr. Marco Túlio França sobre o desenvolvimento de seu e-book interativo:

UniSALESIANO – Por que decidiu escrever um livro?

Marco Túlio França – No início da minha carreira, cerca de 37 anos atrás, comecei como professor em uma época em que a informação era muito escassa. Juntávamos dinheiro para comprar um livro e, quando conseguíamos, ele já estava ultrapassado. Posteriormente, abandonei a carreira acadêmica ao retornar para Araçatuba, em 1990, após um período de 12 anos no Rio de Janeiro. Há três, com a abertura do Curso de Medicina do UniSALESIANO, fui convidado pelo Dr. Poletto para participar do Corpo Docente. Logo em seguida, Dr. Marcelo Moreno, à época responsável pelo Laboratório de Habilidades, pediu que eu me agregasse ao grupo e, junto com ele, elaborasse o curso de Exame Neurológico. Assim, decidi criar um texto para orientar o aluno a fixar as informações, que eu, como profissional, julgo serem elementares.

– É o primeiro livro?

– Sim, é o primeiro. Todavia, como atualmente tenho uma participação no módulo de Sistema Nervoso, outros dez já estão escritos em sua essência, e conforme for a aceitação, passarão pelo processo de revisão e diagramação.

– Como surgiu a ideia de agregar textos, imagens e vídeos interativos?

– Quando damos uma informação textual, ela tem um potencial para ser assimilada pelo aluno. Quando ocorre uma demonstração prática, visual, esse potencial aumenta muito, e o ideal seria que o aluno pudesse rever aquela demonstração várias vezes, não apenas dentro do conjunto universitário, mas também em sua casa, o que faria o potencial de assimilação desse aluno subir exponencialmente. Uma vez, conversando com o Prof. André Ornellas (Pró-Reitor Acadêmico e Graduação) sobre o Ensino a Distância, ele me falou da importância de se produzir material didático audiovisual. Veio, então, a ideia de se agregar ao texto vídeos explicativos acessados através de links contidos dentro do próprio texto, o que dinamizaria a velocidade de aprendizado. Isso ficou muito evidente agora com a pandemia, onde o lançamento do livro (restrito aos alunos) ajudou a manter a programação pedagógica em dia.

– Já viu alguma obra na área parecida com a sua?

– Confesso que não. Perguntei ao Professor Emilton, coordenador pedagógico do nosso curso, e para alguns colegas de outras instituições, e nenhum disse conhecer algo do tipo. Fico muito envaidecido, pois é um modelo todo nosso, um modelo genuinamente UniSALESIANO!

– Qual a expectativa para o lançamento? Já teve algum feedback?

– A expectativa sempre é grande. É como um filho nascendo, guardando as devidas proporções. Agora, após o registro na Biblioteca Nacional, é o registro de nascimento! Como falei, mandei para alguns outros professores de outras instituições, e já fui questionado pelo Dr. Eberval Gadelha (Universidade de São Paulo-USP) e Dr. Ítalo Suriano (Escola Paulista de Medicina) se poderiam indicar o livro para os alunos das disciplinas das quais eram responsáveis, o que me envaideceu ainda mais com o reconhecimento desses colegas.

– O senhor dedicou seu livro a 1ª Turma de Medicina do UniSALESIANO. Por quê?

– O texto foi inicialmente montado para um curso, mas, ao encontrar com essa turma de alunos, a motivação deixou de ser apenas para dar uma aula. O vínculo de amizade, respeito e coleguismo entre nós ocorreu desde o primeiro momento que nos encontramos dentro do laboratório, e o vínculo passou a ser de realmente ensinar, compartilhar com eles o conhecimento por mim adquirido ao longo da minha carreira.

– Qual sua opinião em vincular sua obra ao UniSALESIANO?

– Essa obra não é minha, e sim de toda a equipe envolvida. Trabalhamos juntos buscando um mesmo objetivo. Uma vez, ouvi o Pe. Luigi falando que os membros que atuam no UniSALESIANO não constituem um grupo de alunos e/ou colaboradores, constituem, sim, uma família, a Família UniSALESIANO, da qual hoje faço parte com muito orgulho. Assim, esta obra é uma obra dessa nossa família.

Monique Bueno
Jornalista

Comments

comments

Comente!

Contato

  • +55 67 3312 6400
  • Rua Pe João Crippa, 1437
  • CEP 79002-390 - Campo Grande, MS