Você está em:    Home      Notícias      Animação Missionária      “Sejam discípulos missionários do Senhor, com a genialidade do carisma salesiano”

“Sejam discípulos missionários do Senhor, com a genialidade do carisma salesiano”

8 de agosto de 2022

(ANS – Turim) – A edição de 2022 do Campobosco, peregrinação aos Lugares Salesianos e viagem de discernimento e descoberta interior para os jovens animadores do Movimento Juvenil Salesiano da Espanha e Portugal, termina hoje com o retorno a Barcelona dos cerca de 800 jovens participantes. Nos últimos dias, eles viveram alguns dos momentos mais significativos da viagem, realizando etapas em Mornese, Turim e Valdocco e ouvindo as palavras de animação da Madre Geral das Filhas de Maria Auxiliadora, Madre Chiara Cazzuola, e do X Sucessor de Dom Bosco, o Reitor-Mor, P. Ángel Fernández Artime.

No dia 3 de agosto de 2022, os rapazes e moças do MJS encheram de alegria e de cor as ruas e lugares carismáticos da pequena cidade de Mornese. Eles chegaram em 14 ônibus e foram divididos em dois grandes grupos, alternando-se nas visitas à casa de Valponasca, à paróquia, às casas da cidade e ao Colégio, participando, por fim, de uma a Eucaristia no santuário de Mazzarelli.

À noite, todos se reuniram para a tão esperada “Boa noite salesiana” da Madre Chiara Cazzuola, especialmente aguardada pelos jovens provenientes das realidades FMA: “Estou muito feliz em poder encontrá-los. Eu os tenho acompanhado por meio dos vídeos, das entrevistas, do hino e de tudo o que vocês viveram nestes primeiros dias. É especial encontrá-los neste pátio desejado por Dom Bosco, do qual ecoa a consignação dada por Madre Mazzarello, que se renova para nós, ao vê-los aqui esta noite: ‘A vocês eu as confio’; que podemos complementar, ao pensar em todos vocês: ‘A vocês eu os confio'”.

Relembrando as palavras do Papa Francisco em sua recente viagem ao Canadá, Madre Cazzuola encorajou os jovens a seguirem em frente, sem perder a esperança, sempre olhando “para cima” e sendo um time, para “ser luz”: “Vocês também, chamados às alturas do céu e a brilhar na terra, foram feitos para brilhar juntos”. E concluiu, confiando a eles a oração a Maria Auxiliadora, por parte de todas as FMA.

Após passar a quinta-feira, 4 de agosto, entre reflexões, meditações, espiritualidade e partilha, os jovens do MJS da Península Ibérica tiveram, no dia 5 de agosto, o tão esperado encontro com “Dom Bosco”, na Basílica de Maria Auxiliadora, com a oportunidade de ouvir a viva voz do “Dom Bosco de hoje”, o P. Á.F. Artime.

Como de costume, durante toda a experiência os jovens foram divididos em dois grupos: os componentes do primeiro grupo conheceram todo o complexo da Casa Mãe Salesiana: o Museu Casa Dom Bosco, autêntico tesouro de riquezas salesianas; a basílica, com suas numerosas capelas e figuras de santidade salesiana; e o pátio, cenário de milhares de anedotas ligadas ao Santo da Juventude e aos personagens que povoaram o primeiro Oratório. Os jovens do segundo grupo, por sua vez, acompanhados pelo P. Alejandro Guevara, Animador Espiritual Mundial da Associação Maria Auxiliadora, foram conhecer alguns dos lugares fundamentais da experiência de Dom Bosco em Turim que se encontravam fora da cidadela salesiana, como o “Rondò della Forca” e a estátua dedicada ao P. Cafasso, confessor dos condenados à morte; o Santuário da Consolata, onde Dom Bosco costumava rezar e a Igreja de São Francisco, e a sacristia onde Dom Bosco conheceu o primeiro menino do oratório, Bartolomeo Garelli.

Às cinco da tarde, os rapazes e moças, reunidos novamente, participaram de uma conversa com o Reitor-Mor, na Basílica de Maria Auxiliadora. O X Sucessor de Dom Bosco respondeu, com um tom amistoso e descontraído, às perguntas de alguns jovens sobre temas referentes a Dom Bosco hoje, o carisma salesiano no mundo, a resposta salesiana aos jovens mais pobres (sobre a qual ele mencionou a necessidade de ter “casas salesianas de portas abertas e presenças afetivas e eficazes”); sobre a sinodalidade (mencionando uma Igreja na qual todos têm um lugar); e também sobre outros temas, como o papel da mulher na Igreja e o celibato no sacerdócio; ou, ainda, sobre ser cristão no mundo contemporâneo, sobre os momentos bons e desagradáveis de seus oito anos e meio como Reitor-Mor e sobre os desafios enfrentados pelos jovens de hoje.

Na sequência, às 18h30, foi realizada a missa – também transmitida pelas redes sociais – presidida pelo Reitor-Mor e concelebrada por muitos outros salesianos, incluindo o P. Miguel Angel García Morcuende, Conselheiro para a Pastoral Juvenil, e o P. Juan Carlos Pérez Godoy, Conselheiro para a Região Mediterrânea. Diante da basílica repleta de jovens, o P. Á.F. Artime apresentou o lugar onde estavam, explicando que foi daquela Basílica de Maria Auxiliadora que, em 1875, os missionários salesianos partiram rumo a todos os cantos do mundo. Ele também apresentou o retábulo de Lorenzone, que retrata Maria Auxiliadora e mencionou os três verbos que norteiam o Campobosco 2022 – “ousa”, “confia” e “vive” – dizendo: “Ousem enfrentar os desafios da vida e colocá-los nas mãos de Deus, pois isto lhes trará grande paz; confiem que Deus nos sustenta e vivam em plenitude, sendo felizes com seus projetos de vida”. “Sejam discípulos missionários do Senhor, com a genialidade do carisma salesiano”.

No dia 6 de agosto, sábado, os dois grupos de jovens inverteram os itinerários de visita à Turim salesiana e Valdocco do dia anterior. À tarde, todos se reuniram na Catedral de Turim, que abriga a relíquia do Sudário, os jovens do Campobosco e participaram da Eucaristia, presidida pelo P. José Miguel Núñez Moreno, Diretor do Centro Salesiano de Pastoral Juvenil da Espanha. Ele, por sua vez, exortou os jovens com as palavras: “O Campobosco acendeu um fogo dentro de nós; queremos que ele encarne em jovens audazes e capazes de mudar o mundo, como Dom Bosco pediu e realizou em sua época”. Então, fazendo referência ao Sudário, concluiu: “Queremos pedir a Deus que nós também possamos carregar sua marca às pessoas, assim como o Sudário fez com Jesus”.

Com a conclusão da Missa de Envio, os cerca de 800 jovens que participaram do Campobosco 2022 embarcaram de volta para as suas presenças salesianas de origem, como testemunhas daquilo que viveram nestes dias intensos em Barcelona, Castelnuovo Don Bosco, Mornese e Turim, levando consigo uma fé renovada em Cristo Jesus e um novo entusiasmo para se colocarem à disposição de seus pares.

Comments

comments

Comente!

Contato

  • +55 67 3312 6400
  • Rua Pe João Crippa, 1437
  • CEP 79002-390 - Campo Grande, MS