Você está em:    Home      Notícias      Dia a Dia Salesiano      Jovens realizam experiência de discernimento vocacional para a vida religiosa

Jovens realizam experiência de discernimento vocacional para a vida religiosa

4 de fevereiro de 2020

O Estágio Vocacional começou no dia 26 de janeiro, domingo, e durou 6 dias. Um período de convivência intensa, em clima de oração, amizade e festa, passado no Instituto São Vicente, em Campo Grande.

A Equipe de Pastoral da Missão Salesiana de Mato Grosso elaborou os conteúdos de reflexão baseada no carisma salesiano, para que cada participante do estágio pudesse compreender algumas particularidades da vida religiosa consagrada no estilo de São João Bosco.

Jovens Vocacionados — Bruno de Souza Assunção, de 16 anos, veio da cidade de Naviraí, em MS, que fica a 363 quilômetros de Campo Grande. Lá não há uma presença salesiana, mas o jovem, que já era devoto de São João Bosco, fez contato com a PAVOC da MSMT pelas redes sociais e se diz encantado com a experiência. “Eu vim para o estágio com o propósito de conhecer mais e saber se era isso que Deus queria de mim. Eu já era acompanhado na minha paróquia pelo meu padre, tinha um diretor espiritual, já, mas eu não me sentia alegre como padre diocesano, eu queria estar na missão. Após estes dias, certamente eu quero a minha vida aqui, quero ser salesiano”, afirma sem esconder a empolgação com a possibilidade de passar à fase do aspirantado.

Experiência um pouco diferente fez o Eduardo Machado Negri, também de 16 anos Ele é de Campo Grande e ex-aluno do Colégio Salesiano Dom Bosco. “Desde 2017, quando entrei no Ensino Médio, estou fazendo acompanhamento com a equipe vocacional, recebi o convite para o Estágio Vocacional e hoje dei o primeiro passo para ser aspirante”, revela o jovem. “O estágio vocacional é um momento muito oportuno para se conhecer um pouco mais da vida salesiana, o aspirantado e as etapas formativas, através de uma forma breve e fácil de compreender para que nós possamos entender um pouco mais o carisma de Dom Bosco, sentir o que ele fez para os jovens”, avalia Eduardo, já na expectativa de começar o aspirantado.

Deus é paciente — No Estágio Vocacional deste ano também estiveram presentes jovens já formados, mas que decidiram mudar o rumo da vida para responder ao chamado vocacional. É o caso do Guilherme Rassin de Almeida, de 30 anos. Ele é engenheiro eletricista formado pela UFMS e confessa ter resistido por muito tempo ao chamado de Deus. “É difícil em um primeiro momento. Eu venho tendo essa luta vocacional desde os meus 27 anos quando eu senti o primeiro chamado. No início foi um momento de negação, eu sentia no coração Deus me chamando, mas eu negava, dizia que não queria. Só que Deus é paciente, ele vai trabalhando a gente, vai deixando a gente quebrar a cara em diversas situações, e ele vai esperando até a gente aceitar. Chegou meu momento, eu disse, vou parar de lutar contra esse chamado de Deus e dar o meu sim”, explica o futuro aspirante salesiano.

Na próxima semana (13 a 16 de fevereiro), os candidatos ao aspirantado farão um retiro espiritual, ao final do qual serão revelados os locais para os quais eles serão destinados para começarem o primeiro período da formação salesiana neste ano.

Comments

comments

Comente!

Contato

  • +55 67 3312 6400
  • Rua Pe João Crippa, 1437
  • CEP 79002-390 - Campo Grande, MS