Você está em:    Home      Notícias      Animação Missionária      Comunidade Salesiana de Meruri celebra os 150 anos do Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora

Comunidade Salesiana de Meruri celebra os 150 anos do Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora

10 de agosto de 2022

Uma festa em família que começou nas primeiras horas da manhã da sexta-feira (05/08). As irmãs provindas da comunidade de S. Marcos e de Barra do Garças reuniram-se em Meruri e fizeram o ato de renovação dos votos das FMA. A celebração em ação de graças pela vida e vocação das FMA foi presidida pelo diretor e pároco da comunidade P. Andelson e concelebrada pelos padres José Marcos, João Bosco Maciel e Thiago Figueró, À tarde, aconteceu o oratório festivo como expressão do trabalho e doação ao carisma salesiano.

As irmãs salesianas chegaram às comunidades indígenas de Mato Grosso há 120 anos e, atualmente estão em na Missão de São Marcos. De acordo com o relato do P. José Corazza, no livro intitulado “Esboço Histórico da Missão Salesiana de Mato Grosso”:

“Tinha raiado o dia em que começavam a se realizar os sonhos do bispo dos selvagens, a pranteado Dom Lasagna”. A comitiva compunha-se de cinco salesianos P. Balzola, diretor, P. Jose Salvetto, e os coadjutores: Domingos Minguzzi, Silvio Milanese e Tiago Grosso; três irmãs: Rosa Kiste, Luiza Michetti e Madalena Tramonti. Chegaram aos tachos às 4 horas da tarde de 18 de janeiro de 1902, dia de sábado, véspera da festa do SS. Nome de Jesus” (CORAZZA, 1995, p. 57-58).

            Os anos passam, o ardo e incessante trabalho continua. Os primeiros frutos começam a surgir, as dificuldades surgem, mas o amor a missão cresce.

“Neste interim, menção honrosa merecem as irmãs Filhas de Maria Auxiliadora que, desde o começo, estiveram ao lado dos Salesianos neste trabalho de evangelização e civilização dos indígenas. […]. Chegadas em 1895, atendem nas colônias indígenas, a ambulatórios, escolas e assistências. A abnegada irmã missionária, armada de uma caridade sem confronto, penetrou os nossos sertões a fim de levar sua ação civilizadora às donzelas das nossas selvas. Seria longo elencar, principalmente no campo missionário, aquelas que escreveram páginas heroicas, a começar pela Ir. Rosa Kiste primeira diretora na Colónia dos Tachos e as suas companheiras Madalena Tramonti e Luiza Michetti”(CORAZZA, 1995, p. 66).

E tantas outras irmãs que ao longo de 120 anos fazem-se presentes com este povo.

Colaborou: S. Leandro Plizzari da Silva – tirocinante

Comments

comments

Comente!

Contato

  • +55 67 3312 6400
  • Rua Pe João Crippa, 1437
  • CEP 79002-390 - Campo Grande, MS