Você está em:    Home      Notícias      Dia a Dia Salesiano      Com Dom Bosco por toda a vida

Com Dom Bosco por toda a vida

20 de julho de 2020

“Nada nos separará do Amor de Deus” é o lema da profissão perpétua do Salesiano Danilo Guedes

A profissão perpétua marca o ‘sim’ definitivo do jovem salesiano ao projeto de Deus, seguindo os passos de São João Bosco. É assim que Danilo de Araújo Guedes, 26, estudante de Teologia no Instituto Gerini, em Roma, explica este momento da caminhada vocacional. “É a minha entrega total. É uma entrega radical, generosa, e eu me entrego a Deus com alegria. Se fosse para repetir tudo de novo, eu repetiria, sem dúvidas. E não me arrependo de nada até agora, nesses mais de onze anos de formação, de caminhada. E eu louvo a Deus por isso, sobretudo pelos meus irmãos que me acompanharam até hoje”, relata.

O início — A vocação de Danilo foi cultivada desde a adolescência, e agora dá seus frutos. “Quando eu entrei no seminário da Missão Salesiana eu tinha 14 anos, na Lagoa da Cruz. Eu fiz os 3 anos de aspirantado ali na Lagoa da Cruz, o Instituto São Vicente nos anos de 2009 a 2011. Vários salesianos contribuíram na minha chamada vocacional, sobretudo o Mestre Armando Catrana, lá de Três Lagoas, o padre Elias Roberto, que era o pároco, o então diácono, hoje padre Ângelo Cenerino, e o padre Sanches, já falecido, saudosa memória”, recorda.

“Nada nos separará” — Como lema bíblico dos votos perpétuos, Danilo escolheu o trecho da Carta aos Romanos (Rm 8,35-39). A escolha se deu principalmente devido aos problemas causados no mundo inteiro pela pandemia covid-19, que quase impediu que fosse feita a cerimônia solene da profissão perpétua neste ano. “Essa motivação bíblica foi fruto de um momento de retiro, no qual eu tive muitas dúvidas, não em relação à minha vocação, mas sim em relação ao meu retorno ao Brasil. Nós vivemos ali um momento um pouco conturbado, eu não tinha quase essa certeza, e junto com meu diretor espiritual me veio essa passagem de que nada, nenhuma tribulação é capaz de nos separar do amor de Deus. O amor de Deus que se concretiza na missão salesiana em si”, revelou.

Exemplo — O “sim definitivo” de um jovem à proposta de consagração religiosa é semente de novas vocações. O exemplo de quem abraça radicalmente o Reino de Deus inspira outros jovens a seguirem o mesmo caminho. Por isso, Danilo deixa uma mensagem aos jovens vocacionados: “Não tenham medo. Não tenham medo de confiar neste amor de Deus do qual nada nos separará. Não tenham medo de avançar para águas mais profundas, já dizia Nosso Senhor. É importante que não permaneçamos na praia, e que nós avancemos sempre mais”.

Pandemia — A missa em que Danilo professou os votos perpétuos aconteceu no sábado (18), na capela do Colégio Dom Bosco, em Campo-Grande (MS). Apenas os familiares e representantes da família salesiana puderam participar devido às restrições sanitárias impostas para controle da pandemia de covid-19 instalada no País. Cada pessoa que entrava na capela tinha a temperatura corporal medida ainda do lado de fora, e tinha também as mãos higienizadas com álcool gel. No interior, foi respeitado o distanciamento de 1,5m entre as pessoas que precisaram usar máscaras o tempo todo.  Apesar de todas as restrições, a celebração foi marcada por grande emoção e alegria.

Sacramento da Ordem — Os estudos teológicos devem ser retomados ainda neste ano, na Itália. A expectativa é pela ordenação diaconal, primeiro degrau do sacramento da ordem, no próximo ano (2021). “Estudando agora a teologia lá em Roma, no Gerini, eu vejo como um grande dom e graça de Deus ao mesmo tempo, sobretudo porque é uma experiência única. Nós estamos ali em uma comunidade internacional, somos 23 países, temos um mundo salesiano ali junto conosco. E isso me ajudou a valorizar ainda mais a minha inspetoria, a amar ainda mais a Missão Salesiana por aquilo que nós somos, pelas nossas características particulares, e do ponto de vista teológico, a riqueza, sobretudo histórica de estudar ali, e também eu espero contribuir um pouco aqui na nossa inspetoria, trazendo um pouco dessa bagagem que eu recebi e vou continuar recebendo ali”, finalizou.

______

Fotos 

Comments

comments

Comente!

Contato

  • +55 67 3312 6400
  • Rua Pe João Crippa, 1437
  • CEP 79002-390 - Campo Grande, MS