Você está em:    Home      Notícias      Em destaque      A Família Salesiana na Pan-Amazônia reflete a partir das interpelações do Sínodo

A Família Salesiana na Pan-Amazônia reflete a partir das interpelações do Sínodo

5 de novembro de 2018
Published in Em destaque, Notícias

“Dom Bosco é um presente para a Igreja, e a Igreja da Amazônia encontra nos jovens um ponto muito delicado em relação ao futuro”.

A Família Salesiana se reuniu em Manaus, de 1º a 4 de novembro, para participar do Encontro Pan-Amazônico Salesiano, que visa responder aos desafios nascidos do Sínodo da Amazônia. Mais de cem salesianos e salesianas, junto com leigos e leigas que trabalham na missão salesiana, vindos do Equador, Peru, Bolívia, Venezuela, México, Paraguai, Colômbia e Brasil. Também estiveram presentes representantes do Governo Geral da Congregação, dos Salesianos de Dom Bosco e das Filhas de Maria Auxiliadora. Pela Inspetoria Salesiana de Campo Grande/Missão Salesiana de Mato Grosso, participaram: o Delegado Inspetorial para a Animação Missionária, Pe. Wagner Galvão; o Delegado Inspetorial para as Missões Indígenas, Pe. Georg Lachnitt e os Salesianos que atuam nas Missões Indígenas de Mato Grosso – Pe. Andelson Oliveira, Pe. Aquilino Tsré’ub’õTsirui’á, Pe. Bartolomeo Giaccaria, Ir. Mário Bordignon e o diácono Vanderson de Souza.

Mensagem dos participantes do Encontro Pan-Amazônico Salesiano

à Congregação dos Salesianos de Dom Bosco

Os Salesianos de Dom Bosco que realizam sua missão em território amazônico do Brasil, Equador, Peru, Venezuela e Paraguai, em colaboração com as Filhas de Maria Auxiliadora, representantes das Universidades Salesianas de Quito e Campo Grande, diáconos permanentes shuar-ashuar, agentes de pastoral, dirigentes indígenas, religiosas missionárias Lauritas e Franciscanas de N.S. Aparecida.

 Enviamos a seguinte mensagem:

Agradecemos a Deus pelos fecundos 125 anos da presença salesiana em território amazônico. Realizou-se um imenso bem, reconhecido pelos povos amazônicos e pela Sociedade Civil.

  • Constatando que por um lado, a missão cresceu com novos desafios, por outro lado diminuíram as forças de pessoal missionário em tais territórios.
  • Desejamos e solicitamos que nossa missão, neste lugar tão significativo hoje para a Igreja e para a humanidade, não se enfraqueça, mas se revigore.
  • Os povos e particularmente os jovens amazônicos nos esperam em suas comunidades, ricas de tradições e valores, para que os filhos e filhas de Dom Bosco continuem a anunciar a Boa nova e a acompanhá-los em seus desafios.
  • Os jovens amazônicos também nos esperam nas grandes cidades, donde muitos jovens indígenas emigram, unindo-se a outra multidão de jovens, vulneráveis em sua dignidade, em sua identidade e em seu caminho de fé.
  • Estamos convencidos que um espírito missionário amazônico generoso será fonte de renovação para nossa vida salesiana.

Que Maria Auxiliadora, a Beata Maria Troncatti, Pe. Rodolfo e Simão Bororo, intercedam para que a missão salesiana, de rosto amazônico, se faça cada vez mais viva e fecunda.

Participantes,

Manaus, 04/11/2018

Fonte: Inspetoria São Domingos Sávio (ISMA)

Comments

comments

Comente!

Contato

  • +55 67 3312 6400
  • Rua Pe João Crippa, 1437
  • CEP 79002-390 - Campo Grande, MS